ÁGUA OU ISOTÔNICO?
05/02

RSB_HOME

Água ou isotônico?

Quando bate aquela sede durante a prática de exercícios, você toma água ou isotônico? Qual é a melhor opção para se hidratar? Para tirar suas dúvidas, conversamos com o professor Marcos Pudo, que explicou a função de cada uma das duas bebidas.

Isotônicos
São consideradas bebidas isotônicas a água de coco, o soro caseiro e os industrializados líquidos coloridos e com sabor forte vendidos em garrafinhas. Essas bebidas contêm uma concentração de eletrólitos semelhante aos fluidos do nosso corpo, como sódio e potássio. Eles são incorporados e transferidos pela corrente sanguínea, sendo importantes para contrair e relaxar o músculo.

A recomendação é que os isotônicos sejam tomados quando começar a faltar energia para a prática de atividades ou devido à sudorese excessiva, resultado de atividades físicas mais intensas.

“Por meio do suor, perdemos sais minerais, que o isotônico pode repor durante os treinos. Uma garrafa do produto tem cerca de 6% de carboidrato, ou seja, 90 quilocalorias em média. Isso garante uma energia extra para manter a intensidade dos treinos”, destaca Pudo.

Água
Já a água deve ser ingerida quando você está com sede ou para prevenir a sede, pois ela não vai repor os sais minerais perdidos durante a atividade.

Para quem faz musculação e tem uma boa alimentação, a água é mais indicada, pois ao fazer os exercícios de musculação, o aluno não transpira tanto e não gasta tanta energia quanto ao fazer uma atividade de gasto energético alto, como os exercícios aeróbios.

Saiba mais sobre saúde e malhação com o blog da Trainer!


Deixe seu comentário

1000 RSC_CHARS_LEFT

Antispam RSC_REFRESH_CAPTCHA RSC_CAPTCHA_CASE_INSENSITIVE

Facebook
Instagram