24/12   FELIZ NATAL E BOAS FESTAS!

Enfim uma das épocas mais esperadas do ano chegou! A família Trainer deseja a todos vocês um excelente Natal, cheio de alegrias, amor e bons momentos ao lado de pessoas especiais.

O blog vai fazer uma pequena parada para recuperar as energias, mas estaremos de volta no dia 2 de janeiro de 2015 com pique total para oferecer muito mais que resultado nessa nova etapa!

Por enquanto, boas festas e até 2015!

1 - Post Ano-Novo Trainer-01

23/12   SETE DICAS PARA APROVEITAR AS CEIAS DE FINAL DE ANO SEM COMETER EXAGEROS

ceia de natalO final do ano está chegando e não tem jeito: mesmo que você tenha treinado o ano inteiro e se alimentado corretamente, não há disciplina que resista às tentações das ceias de Natal e réveillon.

Mas calma! É possível aproveitar o período sem peso na consciência ou exageros. Quer saber como? A Yaline Burger de Freitas, nutricionista da Trainer, separou sete dicas que vão ajudá-lo a encarar o final de ano sem preocupações:

- Apesar da correria, devemos lembrar de fazer todas as refeições diárias e respeitar os intervalos entre elas. Se possível, mantenha a sua rotina alimentar o mais próximo do normal;

- No dia da ceia, não fique sem comer corretamente. Nada de evitar refeições querendo “ganhar bônus” para a noite. Outra dica é não esperar até a meia-noite para cear;

- As reuniões familiares são ótimas para nos manter por mais tempo sentados à mesa com amigos e familiares, mas isso não significa que devemos comer o tempo todo;

- Coma tudo o que tem vontade, mas em pequenas quantidades. Isso vai ajudar a amenizar os “estragos” causados pelos pratos extremamente calóricos servidos nessa época;

- Coloque à mesa uma salada de folhas bem caprichada e, claro, sirva-se dela;

- Aproveite que nessa época do ano temos uma grande variedade de frutas e coloque-as no cardápio da ceia ao natural ou como salada de frutas regada só com suco de laranja;

- Aproveite as sobras da ceia, mas sem cometer exageros. De maneira nenhuma deixe de comer para compensar os excessos da noite anterior;

E é sempre importante lembrar: se você não conseguir se controlar e acabar comendo mais do que devia, não sofra. Tenha um excelente período de festas e retome a rotina alimentar e de treinamento assim que possível.

22/12   COMO EVITAR A FLACIDEZ CAUSADA PELA CORRIDA

Selo No Pain No Gain TRainer-01Tem muita gente correndo – literalmente – para queimar aqueles quilinhos extras e entrar em forma. Mas, como já falamos no nosso último artigo (para ler, clique aqui), é preciso ter cuidado, pois a corrida também pode causar flacidez. Para as mulheres, esse risco é ainda mais preocupante, uma vez que pode significar seios e bumbum caídos.

Mas então, como evitar esse problema? Existem duas opções que vamos explicar hoje na coluna No Pain, No Gain:

Primeira opção: Continuando a correr, porém modificando as estratégias de treino

Pessoas acostumadas a fazer exercícios aeróbios diariamente utilizando o método contínuo deverão incluir na sua rotina os treinamentos intervalados, popularmente chamados de HIIT (High Intensity Interval Trainer).

A primeira sessão deverá ser composta de tiros de 50 a 200 metros com intervalos de três minutos entre os estímulos. Já a segunda, deverá ter tiros que variam de 400 a mil metros com intervalos de um a dois minutos.

O número de tiros por sessão vai variar de acordo com a experiência e o nível de condicionamento de cada corredor. Já a velocidade para os disparos curtos deve ser de, em média, 3 a 4 quilômetros mais rápidos em relação à velocidade feita durante os 30 minutos de corrida contínua. Para os longos, a variação deve ser de 1 a 2 quilômetros apenas.

Segunda opção: fazer treinamentos de força para os principais grupos musculares pelo menos duas vezes por semana

Uma estratégia interessante para quem não gosta de musculação, mas está percebendo que precisa dela, é fazer um programa apenas com exercícios multiarticulares (também conhecidos como básicos). Eles envolvem grande volume de massa muscular e são mais eficientes para o desenvolvimento da força e hipertrofia se comparados aos exercícios monoarticulares, dito isolados.

Para citar alguns exemplos do que pode ser feito na sala de musculação: agachamentos, legging press, hack, levantamento terra, todos os tipos de remadas, supinos e desenvolvimento de ombro.

As duas opções devem ser feitas com, pelo menos, dois dias de intervalo entre as sessões.

No caso das mulheres, é importante esclarecer uma questão: como os seios são compostos por mais de 80% de gordura, eles não são influenciados pelo treinamento de força. Já para os glúteos e membros inferiores, as diferenças serão significativas.

Mantendo o equilíbrio

No inverno deste ano uma cliente me procurou reclamando que seu glúteo havia diminuído após ela perder seis quilos. Montamos um programa com base em membros inferiores, uma vez que ela tinha pouca gordura no tronco e não reclamava dos seios.

Na semana passada ela me procurou para dizer que foi à praia e que recebeu elogios de todas as amigas sobre o seu corpo e principalmente do seu glúteo. Na ocasião, ela me agradeceu e me confidenciou que seguiu o programa porque tinhas boas referências, mas que não acreditava que teria resultados tão bons.

Moral da história: tire a bunda do sofá e busque um equilíbrio entre os exercícios aeróbios e o treinamento de força.

18/12   MENSAGEM DO PROFESSOR MARCOS PUDO

Em carta aos alunos e colaboradores, o professor Marcos Pudo destaca o trabalho desenvolvido ao longo deste ano – como a inauguração da unidade II e a ampliação da parceria com a UMC – e comenta as novidades que virão a partir de 2015:

No ano de 2014 a Trainer deu um passo extremamente importante: a abertura de nossa segunda unidade, no Alto do Ipiranga. Uma lindíssima academia, com toda a linha de aparelhos de musculação Life Fitness e 1.200 metros quadrados de área construída. A segunda maior academia de Mogi das Cruzes em estrutura e espaço físico, perdendo apenas para a nossa unidade I, no Mogilar.

A nova unidade nos custou altíssimos investimentos, tempo, dinheiro e treinamento. Mas, rapidamente, teve seu retorno, pois hoje a unidade II já atingiu 600 alunos ativos em menos de um ano de funcionamento, demonstrando a força da marca Trainer em nossa cidade.

Até pelo alto investimento realizado na unidade II, não foi possível fazer grandes empreendimentos na unidade do Mogilar no primeiro semestre. Já no segundo, adquirimos novas máquinas e equipamentos para a musculação e piscinas e climatizamos toda a área de fitness e musculação. No final de novembro, reiteramos nossa parceria com a Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e estamos ampliando nosso contrato até 2022.

Nos próximos anos, vários investimentos serão feitos na unidade do Mogilar, como a construção de uma nova sala de ginástica, implantação de uma sala para treinamento funcional, ampliação da sala de musculação, melhorias no piso da piscina, reformas na área externa, nas calçadas e jardins, instalação de novas divisórias nos vestiários da piscina UMC, aquisição de novas máquinas, implantação de novos métodos, assim como a formação de equipes de treinamento e competição na natação.

Avalio que o maior investimento feito este ano na Trainer foi a implantação de um programa de desenvolvimento de pessoas que vem acontecendo desde fevereiro de 2014 e será percebido por nossos clientes a partir dos primeiros dias de 2015.

Aproveitando o momento, gostaria de agradecer a todos os colaboradores da Trainer por mais um ano de dedicação pessoal e profissional com o objetivo de satisfazer e surpreender nossos clientes. E claro, desejar boas festas e um ano de 2015 com muita paz, saúde e sucesso a todos os nossos clientes.

Tanto eu quanto toda a minha equipe de trabalho estaremos esperando vocês para, juntos, atingirmos todas as metas que desejamos relacionadas ao exercício físico bem orientado.

Que Deus esteja com todos nós. Um abraço!

Marcos Pudo

18/12   COMECE 2015 LUTANDO

boxePerder peso e ficar em forma está na sua lista de objetivos para 2015? Então que tal começar o ano lutando?

Essa é uma ótima opção para quem não gosta de fazer musculação ou de cair na água para nadar. Além de queimar calorias, as aulas de lutas trazem muitos benefícios para a saúde. O professor Rafael Coelho dá dicas de como escolher a sua modalidade preferida e começar 2015 dando um chute na preguiça:

Trainer: Qualquer pessoa pode praticar lutas?

Rafael Coelho: Desde que tenha feito os exames médicos solicitados na academia e esteja apta a praticar atividades físicas, qualquer pessoa que desejar pode começar a treinar.

Trainer: Quais os benefícios que as aulas trazem?

Rafael: Como os treinos são movimentados, a queima de calorias é acelerada e por isso os resultados aparecem em pouco tempo. A prática ainda melhora a autoestima, já que o aluno passa a se sentir mais forte, em forma e confiante. Além disso, alivia o estresse e a ansiedade.

Trainer: Quantas calorias o aluno pode perder por aula?

Rafael: Depende da intensidade dos treinos, mas os iniciantes costumam gastar por volta de 600 calorias. Já os avançados chegam a dobrar essa quantidade.

Trainer: Para quem está começando, qual modalidade é mais indicada?

Rafael: Isso vai do gosto de cada um. Para quem prefere chutes e socos, a academia oferece boxe e caratê. Já aqueles que gostam de lutas corpo a corpo, podem optar pelo jiu-jítsu. E ainda tem o MMA, que engloba todas essas modalidades.

Trainer: Qual a dica para permanecer "lutando" ao longo do ano e não desistir de praticar atividades físicas?

Rafael: É preciso fazer uma preparação física paralelamente aos treinos de luta. Desse jeito o aluno conseguirá manter um corpo fortalecido, além de evitar lesões.

17/12   SAIBA TUDO SOBRE A DIETA DETOX

ESSAO verão já está batendo à porta e muita gente acaba recorrendo a dietas para tentar eliminar aqueles quilos extras e ficar em forma para o verão. Uma que tem feito muito sucesso entre as mulheres é a Detox, que consiste em eliminar as toxinas do corpo e levar embora aquela gordurinha indesejada.

Para esclarecer todas as dúvidas sobre essa novidade, pedimos para a nutricionista da Trainer, a doutora Yaline Burger de Freitas, explicar melhor como ela funciona:

Blog da Trainer: O que é a dieta Detox?

Yaline Burger: Ela nada mais é que uma dieta diurética, que consiste na ingestão de fibras provenientes de verduras, legumes e frutas e grande ingestão de líquidos. Isso promove um esvaziamento gástrico mais rápido e mantém a hidratação do corpo.

Trainer: Quando a pessoa deve recorrer à dieta e por quanto tempo?

Yaline: Após o consumo de carnes, gorduras e álcool. É recomendada por, no máximo, dois dias. Tempo necessário para acontecer uma limpeza no organismo.

Trainer: E realmente funciona?

Yaline: Como é diurética, pode sim levar a perda de peso (na verdade, elimina-se líquidos), e dá uma sensação de saciedade por conta das fibras. Porém, como tem poucas calorias, se feita por mais tempo que o indicado pode ocasionar fraquezas, mal-estar, desmaios e outros sintomas relacionados à hipoglicemia, que é a baixa quantidade de carboidratos (açúcares) no organismo.

Para os praticantes de atividade física, além desses sintomas, causa a perda de massa magra, uma vez que ela é utilizada como fonte de energia para suprir a baixa ingestão de calorias.

Trainer: Além dessas, há outras contraindicações?

Yaline: A ausência de gorduras nessa dieta inibe a absorção das vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) que podem desencadear outros problemas fisiológicos, que vão desde uma possível anemia até um descompasso hormonal.

Trainer: Por que tantas pessoas estão fazendo essa dieta?

Yaline: Acredita-se que ela atue na desintoxicação do corpo (mas não há comprovação científica disso), e também porque ela faz com que a pessoa perca peso muito rápido. Porém, como já foi citado acima, ela elimina líquidos e massa magra.

É importante ter em mente que não existe fórmula milagrosa para se perder peso. O caminho é a reeducação alimentar combinada com a atividade física.

16/12   TURBINE SUAS BRAÇADAS COM MUSCULAÇÃO

Está querendo melhorar o seu desempenho dentro da piscina? Então que tal sair um pouco da água e incluir a musculação no programa de treinamento?

Sim, é isso mesmo! Para conseguir bons resultados em qualquer modalidade esportiva é necessário desenvolver diferentes tipos de capacidade física, e é aí que a musculação entra.

Segundo a professora Elaine Fontes, por meio da musculação conseguimos adquirir força, além de outras capacidades exigidas dentro da água. “A velocidade, por exemplo, pode ser desenvolvida na academia por meio do treinamento de potência, no qual o objetivo é aplicar a força com a agilidade”, explica. Trocar as braçadas pelos pesos também ajuda a treinar os músculos e movimentos específicos da modalidade.

Outra vantagem é a melhora na parte estética. A musculação ajuda a definir o corpo, deixando o mais firme e bonito, além de apresentar um ganho de massa muscular maior, já que trabalha individualmente cada músculo. Na natação, esse efeito é mais generalizado.

Se você se interessou, procure um dos professores da Trainer para saber como a musculação pode turbinar as suas braçadas.

natação

15/12   CORRER CAUSA FLACIDEZ?

Selo No Pain No Gain TRainer-01Correr é uma das atividades físicas prediletas de muitas pessoas, principalmente daquelas que querem perder peso. Afinal, para começar, basta calçar um bom tênis e ter tempo e disposição para sair de casa e encarar a prática da atividade física.

Porém, nas últimas semanas, muitos profissionais da área da saúde – como médicos, fisioterapeutas e nutricionistas – levantaram uma questão polêmica: exercícios aeróbios no geral, mas principalmente a corrida, causam a flacidez? Esta pergunta é muito importante principalmente para as mulheres, já que para elas isso significaria seios e bumbum caídos.

Para esclarecer a questão, esse será o tema da coluna No Pain, No Gain das duas próximas semanas:

Quando corremos, principalmente quando fazemos uso do método contínuo – ou seja, iniciar e terminar a corrida em uma velocidade quase constante – nosso sistema nervoso central consegue aferir a intensidade desse exercício. Percebendo que a velocidade de deslocamento é pequena, ele manda um estímulo elétrico de baixo potencial para os músculos utilizados durante a corrida. Por seleção natural, esses estímulos recrutam apenas as fibras do tipo I, também chamadas de oxidativas e vermelhas, cuja principal característica é o baixo potencial de hipertrofia. Ou seja, as grandes fibras musculares, aquelas do tipo II – conhecidas como de força e velocidade – não são recrutadas. Por isso os músculos ficam com seu tônus (volume muscular em repouso) diminuído.

Os exercícios aeróbios têm alto custo energético e normalmente são combinados com a diminuição da ingestão de calorias ao longo do dia. Isso ocasiona o que chamamos de balanço energético negativo e leva a uma perda de peso corporal significativa, além de diminuir a gordura corporal e, consequentemente, a massa muscular também. Para exemplificar os resultados desse tipo de treinamento, vamos usar os seios e o glúteo máximo para fazer uma análise:

No caso dos glúteos, eles perdem volume, o que ocasiona a diminuição do seu tônus desenvolvendo o que chamamos de prega glútea, pois não só o músculo diminui, como a pele não recupera a densidade na mesma velocidade com a qual perdemos peso, tornando-se flácida.

Essa explicação vale também para os seios, uma vez que 80% dessa parte do corpo feminino é composta por gordura. Logo, a medida em que a pessoa emagrece muito rapidamente, os seios também desenvolvem uma prega abaixo deles. Isto pode acontecer em quase todas as regiões do corpo, como a coxa e o abdome.

Alimentando-se corretamente

Uma das minhas alunas me procurou para contar que estava com a pele flácida por ter passado pelo processo citado acima. Ela me questionou a razão disso acontecer e, além de explicar todos os fatores expostos no artigo, a aconselhei a não fazer uma dieta tão restritiva.

Moral da história: tire a bunda do sofá, vá correr, mas não deixe de se alimentar corretamente.

12/12   HORÁRIO ESPECIAL PARA O FINAL DE ANO

Final de ano é sempre uma correria, né? Amigo secreto, confraternização, jantar de família, viagem, comprar presentes, cuidar da ceia...

Pensando nisso, vamos adiantar os horários de funcionamento das duas unidades da Trainer para os próximos dias. Assim vocês podem se programar e o mais importante: continuar treinando para conquistar ainda mais resultados em 2015.

final de ano horário certo

 

ginástica CERTAAAAA

11/12   COMO TER A BARRIGA DOS SEUS SONHOS

barriga-chapadaTer uma barriga chapada é o desejo da maioria das mulheres. Se você faz parte desse grupo que está correndo atrás e suando a camisa para ficar com o corpo em dia para o verão, saiba que existem outros fatores que também interferem nesse resultado.

Postura

Cheque se está tudo certo com a sua coluna. A postura errada é um dos principais causadores da indesejada barriguinha.

Existem três principais alterações que afetam esta região: a escoliose, quando o corpo se estica de um lado e se dobra do outro; a cifose – causadora da corcunda – e a lordose, que deixa o bumbum mais empinado. Todos devem ser corrigidos com atividades físicas que promovam o fortalecimento da musculatura abdominal e da coluna. Em casos mais sérios é necessário fazer outros tratamentos, como fisioterapia e RPG (Reeducação Postural Global).

Retenção de líquidos

Esse é outro fator que contribui para a impressão da barriga indesejada, além de diminuir a definição muscular.

Para fugir desse problema, a solução é aumentar a ingestão de água e de alimentos que possuam o líquido na composição, como a melancia. Também é válido evitar passar longos períodos sentada na mesma posição e a ingestão de bebidas que desidratam, como chá, café e álcool.

Alimentação inadequada

A alimentação interfere diretamente na definição do abdômen. Por isso, não adianta só fazer exercícios, é preciso controlar o que se come.

Certos alimentos acumulam gordura exatamente na região da barriga e da cintura - como a batata e ovo frito, a manteiga e o biscoito recheado. Já outros, como feijão, couve e brócolis podem causar prisão de ventre e fazem com que a barriga estufe.

Uma dieta regrada mantém o percentual de gordura baixo e faz a famosa barriga chapada aparecer.

Exercícios errados

Para ficar com o abdômen em dia é preciso somar músculos fortes com pouca gordura. Para isso, o ideal é criar uma rotina de exercícios aeróbios para, então, acrescentar a prática de atividades com peso e treinos de musculação na região.

Cada pessoa precisa de uma abordagem diferente para atingir esse objetivo. Mulheres com percentual de gordura mais alto, por exemplo, deverão se concentrar em diminuí-los primeiro, com dieta rigorosa e exercícios aeróbios. Já as mais magras devem manter o foco nos treinos de musculação.

Na Trainer, você encontra profissionais treinados e qualificados para ajudá-la a conquistar esse e muito outros resultados. Vem treinar com a gente!

10/12   COMECE A TREINAR EM JANEIRO E PAGUE SÓ EM MARÇO

A Trainer vai ajudar você a começar 2015 de bem com o seu corpo e com o seu bolso!

Como os primeiros meses do ano geralmente é uma época com muitas contas para pagar, a Trainer organizou uma promoção muito especial: quem renovar o plano anual terá a opção de dividi-lo em 10 vezes e começar a pagar só em março.

Dessa forma, você continua treinando em janeiro sem perder o equilíbrio das contas. Se preferir, também é possível parcelar em 12 vezes.

Fale com uma de nossas consultoras e continue treinando com a gente!

promoção trainer

09/12   COMEMORE O NATAL EM RITMO DE ZUMBA

Cansado das comemorações tradicionais de final de ano? Então que tal celebrar a data de com um ritmo diferente?

Se gostou da ideia, venha participar da aula de Zumba especial de Natal! Serão três dias para se divertir e dançar muito, além de suar a camisa e ir entrando em forma para o verão.

No Mogilar, as aulas acontecerão nos dias 10 (às 7h45) e 16 (às 20h35). Já no Alto Ipiranga, o agito será na segunda-feira, 15, a partir das 18h30. Vista-se de vermelho ou branco e venha participar!

Ainda no clima de final do ano, no dia 10, os alunos de corrida de rua vão encerrar o ano em uma subida noturna até o Pico do Urubu. A largada acontecerá no Mogilar, a partir das 19h30. As inscrições podem ser feitas na recepção da academia. Mas atenção: é preciso levar uma lanterna e, se chover, o evento será cancelado.

Já no sábado, dia 13, os peixinhos e sereias da Trainer convidam pais e familiares para participar da apresentação de final de ano. A partir das 10 horas, os alunos da natação infantil vão mostrar tudo o que aprenderam ao longo de 2014.

aula de zumba

08/12   DICAS DE TREINO PARA GRÁVIDAS

Selo No Pain No Gain TRainer-01O período da gestação é uma fase na qual as mulheres redobram o cuidado com a saúde. No caso daquelas que já treinavam e mantinham uma dieta balanceada, essa preocupação aumenta ainda mais. Afinal, ninguém quer perder os resultados que conquistou com tanta dedicação.

Para ajudá-las, a coluna No Pain, No Gain já explicou na semana passada quais são os benefícios que a atividade física traz para as gestantes (para ler, clique aqui). Hoje, vamos dar dicas de treino.

Nos exercícios aeróbios, a frequência deve ser de, pelo menos, três dias por semana, com duração entre 30 e 60 minutos no máximo, e intensidade de leve a moderada. São indicadas atividades como caminhada, hidroginástica e até natação. Também é importante ter como referência o número de 140 batimentos por minuto, correspondentes a aproximadamente 60% a 75% da frequência cardíaca máxima.

Já nos treinamentos de musculação, a frequência pode ser de duas a três vezes por semana, com sessões de 50 minutos no máximo. As repetições devem variar entre oito e 12 RM’s, dando prioridade aos exercícios multiarticulares (básicos) e de fortalecimento da região do core (paravertebrais e adbominais).

Nesse tipo de exercício, deve-se evitar mudanças constantes da posição do corpo, como sentar, deitar e retornar a posição em pé várias vezes durante a sessão no colchonete, bancos e em aparelhos.

Na hora do alongamento, os músculos paravertebrais (região das costas) devem ser priorizados, principalmente aqueles da região lombar e adutores do quadril. Também chamados de estabilizadores, esses músculos são responsáveis por manter uma postura correta, contribuindo para a estabilização da coluna vertebral e evitando a compressão dos discos intervertebrais e lombalgias. Esse tipo de atividade deve ser feito individualmente pela gestante (alongamento ativo).

Grávidas devem evitar corridas, treinamentos de alta intensidade e que alterem demais o seu centro de gravidade, uma vez que o risco de queda torna-se eminente.

Para que se possa ter uma ideia, uma gestante que pratica atividade física cinco vezes por semana tem um gasto calórico de 1.000 quilocalorias por semana, o que fará com que seu bebê nasça com 5% a mais de peso. Se o gasto calórico for de 2.000 quilocalorias, a criança ganha 10% a mais.

Sem pausa no treinamento

Uma aluna da academia treinou durante todo o período de gestação, exceto nas 12 primeiras semanas. Ela ganhou nove quilos e meio e seu bebê nasceu saudável, pesando quatro quilos.

Durante o período gestacional, ela basicamente fez os mesmos exercícios que já fazia anteriormente, tomando os devidos cuidados em relação à intensidade e amplitude de movimentos, que foram reduzidos.

Um mês após o parto – que foi normal – ela já estava treinando com os mesmos pesos de antes.

Moral da história: durante a gestação, tire a bunda do sofá e venha junto com seu nenê treinar.

05/12   ALUNO DA TRAINER É BICAMPEÃO MUNDIAL DE NATAÇÃO

Você sabia que temos um bicampeão mundial nadando nas piscinas da Trainer? Aos 21 anos, Caique Aimoré tem no currículo este e muitos outros títulos, como o de pentacampeão brasileiro ABDEM (Associação Brasileira de Desportos de Deficientes Intelectuais) e 21 medalhas no Circuito Loterias Caixa, conquistadas entre 2010 e 2014.

A conquista do bi-mundial veio em novembro, quando ele participou do Mundial DSISO (em português, Organização Internacional de Natação para Portadores de Down), na cidade de Morelia, México. As medalhas de ouro foram conquistadas nas provas dos 50 metros peito e 50 e 100 metros livre, todas na classe mosaico. Ao todo, foram sete medalhas e a quebra do recorde pessoal em duas provas de piscina curta.

Denise Domingues, mãe do atleta, ajudou o filho a responder as nossas perguntas e contar um pouco da sua trajetória.

1 - Caique Aimore - FOTO Fernanda Bonadia 1

Blog da Trainer: Há quanto tempo o Caíque nada na Trainer? Por que escolheram a academia?

Denise Domingues: Tem um pouco mais de cinco anos. Escolhemos a Trainer depois de buscar por uma academia onde o Caíque pudesse treinar em alto nível para competições.

Aqui encontramos a estrutura e qualidade adequadas.

Trainer: Como foi o processo de adaptação na nova academia?

Denise: Não foi necessária nenhuma alteração na estrutura ou no método de ensino. Só precisávamos que os professores estivessem preparados, porque pessoas com Síndrome de Down tendem a ser um pouco mais imaturas e necessitam de regras e disciplina.

Há poucos meses o Caíque mudou de horário e passou a treinar com o Marco Vicco. Os dois estão se dando bem e estão bem motivados.

Trainer: Como é a rotina de treinamentos?

Denise: Ele nada por quase duas horas quatro vezes por semana. Recentemente, com o auxílio do professor Marcelo Cursino, o Caíque começou um treinamento de musculação com exercícios específicos para a natação.

Trainer: Por que ele começou a nadar?

Denise: Foi com 6 anos, por diversão e saúde. O gosto pela competição veio aos 10 anos, quando competiu com atletas regulares (sem deficiência) até os 15. A primeira disputa paraolímpica foi com 16 anos no tradicional Circuito Loterias Caixa, principal torneio do país. De cara, foram três medalhas.

Trainer: Quais foram os principais desafios para ele se tornar um campeão?

Denise: Toda competição de alto rendimento é sempre um desafio, mas manter-se no pódio por anos seguidos requer muita dedicação.

Tornar-se campeão mundial em 2012, na Itália, sem dúvida foi a maior conquista. Mas o maior desafio até agora aconteceu na conquista do bicampeonato no México. Depois de tanto preparo para chegar até lá, o Caíque teve que superar os imprevistos que aconteceram na piscina, que nos primeiros dias de competição estava com a temperatura da água abaixo do ideal. Mesmo assim, ele voltou com sete medalhas.

Trainer: Quais são os próximos objetivos do Caíque?

Denise: Continuar treinando forte, focando no próximo mundial DSISO, que será novamente na Itália, em 2016. Sabemos que é preciso intensificar os treinos, pois os atletas dos outros países se mostraram igualmente preparados. Fora da água, a meta é terminar o curso de Marketing na faculdade. Atualmente, ele cursa o primeiro ano.

Trainer: Qual mensagem você gostaria de passar para as outras famílias que também tem uma pessoa com Síndrome de Down na família?

Denise: É importante que eles saibam que o fato de ter um cromossomo a mais não impede que uma pessoa seja independente, ela só precisa ser estimulada. Ainda encontramos muito preconceito, mas assim como o Caíque, muitas pessoas com Síndrome de Down levam uma vida normal. Hoje ele não só aprende, ele também tem ensinado muito.

No vídeo, prova e pódio do 50 metros livre no Mundial DSISO 2014, na qual Caíque ganhou um de seus três ouros:

Crédito da foto: Fernanda Bonadia

04/12   A TRAINER AGORA ESTÁ NO INSTAGRAM

Já foi dada a largada! Agora a Trainer também oferece muito mais resultado no Instagram!

Já está no ar mais um canal de relacionamento da academia. No nosso perfil, os alunos poderão acompanhar as datas dos eventos, cliques dos alunos, promoções e dicas de saúde, treino e bem-estar.

Quer fazer um registro especial do seu treino ou dieta? Então tire uma foto e poste com a hashtag #AcademiaTrainer ou marque o nosso perfil (@trainer_academia).

Entre nessa com a gente!

Arte Instagram Trainer

03/12   PROFESSOR DA TRAINER É CAMPEÃO PAULISTA DE JIU-JÍTSU

Na Trainer, não são só os alunos que treinam para conseguir bons resultados. Os professores também estão em busca de novos desafios e superações.

Prova disso é o mestre de jiu-jítsu da unidade do Mogilar, Rafael Coelho, que conquistou o Campeonato Paulista na categoria peso pesadíssimo (acima de 100,5 quilos). As disputas do maior campeonato do estado, organizado pela FPJJ (Federação Paulista de Jiu-Jítsu), aconteceram em Barueri.

Rafael, que dá aulas na academia há 13 anos, falou um pouco sobre a prática do jiu-jítsu.

Blog da Trainer: Quando começou a praticar jiu-jítsu? Por que escolheu essa modalidade?

Rafael Coelho: Comecei há 22 anos. Sempre gostei de lutas, e acabei optando pelo jiu-jítsu por ser uma modalidade diferente das que já tinha praticado. Nela, vi que era possível o menor conseguir lutar de igual para igual com o maior. Foi aí que percebi que precisava entender melhor esse conceito e comecei a treinar.

Trainer: Quais os benefícios que o esporte trouxe para a sua vida?

Rafael: Melhorou muito o meu autocontrole e condicionamento físico, desenvolveu o meu raciocínio e ainda me deu um emprego como professor.

Trainer: Qual a importância da conquista do Campeonato Paulista? Qual é o próximo objetivo?

Rafael: Esse é o maior evento do estado de São Paulo, então não é fácil, só lutadores bons entram para a disputa. Por isso, conseguir o título não é importante só para mim, mas para toda minha equipe e meus alunos. Sei que essa vitória serve para demonstrar que eles também podem competir e vencer.

No ano que vem vou continuar lutando. Preciso da competição para me testar e continuar evoluindo. Pretendo disputar o campeonato Brasileiro, o Mundial e talvez a seletiva para o ADCC, o maior evento de luta agarrada sem quimono do mundo.

Trainer: Qual conselho você daria para quem quer começar a lutar?

Rafael: O jiu-jítsu exige muito da pessoa, tanto do físico quanto do mental. Então, para quem deseja começar, recomendo muita disposição e paciência, pois não é um esporte fácil de se entender. A evolução vem com bastante tempo de treino e dedicação.

Trainer: Qual mensagem você gostaria de deixar para seus alunos da Trainer?

Rafael: Gostaria de agradecer aos meus alunos pela confiança que eles têm em mim e no meu trabalho. E também avisar que os treinos ficarão cada vez mais duros e melhores, para que a gente conquiste mais pódios em campeonatos.

No vídeo abaixo, você vê como foi a luta da final do campeonato contra o atleta Fabiano Campos, de quimono branco:

02/12   EVENTOS VÃO AGITAR A TRAINER EM DEZEMBRO

Prepare o fôlego, porque em dezembro ninguém vai ficar parado na Trainer.

Para começar, no dia 3, as energias vão ficar lá no alto com o lançamento das aulas da Body System no Alto Ipiranga. Os alunos poderão conhecer as novas séries e sequências do Sh’Bam, Power Jump, Body Combat e Body Pump.

Já Mogilar, a animação ficará por conta da Maratona de Spinning. Serão três horas de muito exercício e agitação sob o comando de diferentes professores. Para participar, basta ir até a recepção e escolher o melhor horário para você.

No dia 4, os eventos se invertem: os alunos do Mogilar vão pedalar com a Maratona enquanto o pessoal do Alto Ipiranga vai suar a camisa com as aulas da Body System.

E ainda não acabou! No sábado, dia 6, a partir das 10 horas, na unidade do Mogilar, os peixinhos e sereias da Trainer convidam todos a participar de uma palestra sobre natação para bebês.

Os professores explicarão como funciona o método das aulas e passarão detalhes dos benefícios que a modalidade traz para o desenvolvimento intelectual e físico da criança, além de ajudar na prevenção de doenças. O evento será aberto para o público em geral.

Marquem na agenda e venham participar!

 

PS: Texto corrigido no dia 3 de dezembro, às 19 horas, porque as unidades estavam trocadas. Pedimos desculpas pelo transtorno. =/

1 - Post Lancamento e maratona Trainer

01/12   OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA GESTANTES

Selo No Pain No Gain TRainer-01A gravidez é um momento muito especial na vida da maioria das mulheres. Porém, para aquelas que treinam e gostam de estar em forma, a gestação vem acompanhada de uma dúvida complicada: como não engordar demais, ou não perder os resultados alcançados após tanto tempo de treino?

Por isso, nesta e na próxima semana, a coluna No Pain, No Gain vai falar sobre os benefícios da atividade física para as grávidas. Para começar, vamos entender melhor as mudanças que acontecem durante esse período e como a atividade física pode ajudar nessa fase de transformação:

Mulheres ativas e não atletas geralmente iniciam o processo gestacional com baixo percentual de gordura e um bom volume de massa muscular e, claro, não gostariam de abrir mão destes índices mesmo durante os noves meses de gravidez. Algo praticamente impossível de se conseguir, uma vez que o corpo feminino sofre alterações significativas nessa fase, como a distensibilidade e hipotonia dos músculos abdominais, que cederão espaço para que o feto possa se desenvolver. Mudanças hormonais influenciam diretamente as estruturas articulares, mais especificamente do quadril, que se dilatará para que o bebê possa sair.

Ainda há o útero que pressiona a bexiga, deixando-a estreitada e fazendo com que a mulher precise fazer xixi com mais frequência. Sem falar nas estrias, que geralmente aumentam, e que a futura mamãe pode sofrer uma hipertensão gestacional.

Nos últimos quatro meses costumam acontecer ainda mais desconfortos, como câimbras, dores ciáticas, formigamento nas pernas e nos pés, entre outros.

Mas, com certeza, a alteração que mais afeta as gestantes é a mudança no centro de gravidade. Para explicar de forma simples, o nosso centro de gravidade passa por uma linha imaginária no ouvido, ombro, quadril e tornozelo. Também há a coluna vertebral, que tem pequenas curvas morfológicas estruturadas para esse fim. No entanto, e a partir do terceiro mês, com o desenvolvimento do feto, a mulher começa a ganhar peso, a barriga cresce e, consequentemente, o centro de gravidade vai mais para frente. Para não cair, a gestante acaba fazendo uma hiperextensão da coluna lombar, aumentando a sua curvatura e causando dor.

A atividade física pode ajudar, e muito, na redução desses desconfortos, já que proporciona uma gravidez sadia e sem queixas, maior participação na hora do parto, recuperação mais rápida no período imediato após o nascimento da criança, facilidade e rapidez no parto normal, recuperação pós-parto mais rápida, autoestima elevada, socialização, bem-estar e estética.

Mulheres que desejam continuar os treinos durante o período gestacional devem procurar um médico que acompanhe o seu desenvolvimento e avalie se existe algum risco que as impeçam de praticar exercícios. Na maioria dos casos, os médicos pedem para que as mamães não pratiquem exercícios nas primeiras 10 a 12 semanas de gestação, tempo necessário para que o ovário possa se fechar, evitando qualquer tipo de infecção ou problemas mais sérios. Após esse período, e desde que seja supervisionada por um profissional de educação física, respaldada por um médico e que não tenha nenhuma restrição, a mulher pode voltar a treinar.

Gestação saudável

Há um tempo uma aluna me procurou para avisar que estava na quarta semana de gestação. Para minha surpresa, ela me contou que apesar do pedido médico, não iria deixar de treinar, pois não queria engordar.

Minha orientação foi para que esperasse o período de 12 semanas e depois voltasse a se exercitar. Depois de chorar muito, ela aceitou que essa atitude era o melhor para ela e a criança.

Depois dos três primeiros meses, ela retornou aos treinos, teve uma gestação excelente, engordou apenas oito quilos e meio e o bebê nasceu muito saudável. Em menos de dois meses, o corpo dela já estava bem parecido ao que era antes.

Moral da história: quando descobrir que está grávida, tire a bunda do sofá apenas depois das 12 primeiras semanas de gestação e venha treinar.