18/12   Horário de funcionamento entre Natal e Ano-Novo

Nós já falamos, mas não custa nada lembrar qual será o horário de funcionamento da Trainer neste final de ano.

Boas férias e nos vemos em 2016!!!

alt

17/12   Vídeo: veja como funciona o HIIT na prática

Temos falado bastante sobre o HIIT (High-Intensity Intermittent Training) nos últimos posts, principalmente depois da inauguração da sala exclusiva para este tipo de treino.

Para quem está curioso em descobrir como funciona na prática, é só dar o play no vídeo abaixo:

16/12   Vídeo: chegada do Papai Noel na Trainer

Na Trainer o Papai Noel chegou mais cedo. E de parapente! Foi durante a apresentação final da natação para bebês e crianças.

No vídeo abaixo tem um pouco de tudo o rolou no dia:

15/12   Horário de funcionamento no final do ano

Muita gente está esperando pelas férias e o descanso no final do ano, certo? Mas não é porque deu uma paradinha no trabalho que o treino também precisa ser esquecido.

Pensando na turma que não para o treino por nada, definimos os horários de funcionamento durante este final de ano.

Os horários valem para as duas unidades: Mogilar e Alto do Ipiranga.

As aulas de ginástica também terão horários diferentes, que vamos publicar em breve.

No dia 4 de janeiro, os horários voltam ao normal.

alt

14/12   Retrospectiva 2015 No Pain No Gain

alt

Em ritmo de final de ano, a coluna No Pain No Gain também olhou para os quase 365 dias que já passaram para fazer uma retrospectiva deste 2015. Além das publicações semanais, este ano foi muito interessante porque lançamos a versão 2.0 da coluna e conquistamos ainda mais leitores.

O Marcos Pudo, proprietário da Trainer e mestre em fisiologia do exercício, que é o responsável pela coluna, falou um pouco sobre tudo o que rolou ao longo do ano.

Foi um ano muito legal de evolução profissional. Os profissionais de educação física e a população tomando um caminho diferente em relação à atividade física. Mesmo diante de números recordes de obesidade, muita gente resolveu mudar o estilo de vida e deixou o sedentarismo de lado.

A quantidade de informações disponíveis, incluindo aí a No Pain No Gain, é fundamental para dar subsídios a essas mudanças, o que acaba resultando em mais qualidade de vida, porque as pessoas passam a praticar exercícios, se alimentarem melhor e manter uma rotina mais saudável.

Nossa ênfase é a parte fisiológica voltada à atividade física, mas grande parte de tudo o que falamos tem a ver com comportamento. Com as pessoas tomando consciência e que está acontecendo relacionado ao exercício, devemos colher resultados ainda melhores.

Não custa nada lembrar que a academia, de certa forma, vende dor, porque sem sofrer um pouco você não conquista os resultados que deseja. O nome da coluna é muito acertado no mundo do exercício: sem dor, sem vitória.

A mudança no estilo de vida está totalmente ligada a isso, como falamos o ano inteiro. Não é somente o exercício em si, mas tem a alimentação e outros hábitos que precisam ser mudados.

A questão da No Pain No Gain está muito ligada a isso, porque além de sofrer um pouco com estas mudanças, o aluno geralmente prefere um exercício ou outro, mas o professor precisa explicar que nem sempre o que gostamos é o que dará o resultado esperado. É preciso achar um ponto de equilíbrio. E as pessoas estão começando a descobrir essa realidade.

Tem frases que falamos o ano inteiro e são muito importantes de serem lembradas: quem não come não emagrece e quem come muito engorda. Já falamos também, várias vezes, que você treina para ficar forte e come para ficar bonito. Estes são os melhores caminhos para conquistar os resultados. Essas frases estão começando a impactar e ficar na cabeça das pessoas.

Também falamos muito sobre o HIIT (leia mais aqui), que já se consolidou como um dos melhores métodos de treinamento da atualidade. O HIIT com certeza será o hit do verão e já ultrapassou, inclusive, o crossfit em termos mais buscados mundialmente no Google.

Foi um ano muito legal de No Pain No Gain, com muitos feedbacks super positivos sobre os assuntos. As pessoas comentaram bastante comigo, elogiando, agradecendo e contando que acompanham toda segunda-feira. Os números de acessos aumentaram bastante e fico muito feliz, porque eu também aprendo com a coluna e ela me ajuda a pesquisar sobre outros temas para poder falar para vocês.

Tivemos um ano muito difícil, de crises no país e as pessoas estão muito irritadas e desanimadas. Mas, apesar disso, o momento é de mudança, em todos os aspectos. A prática de uma atividade física está completamente ligada a isso. Está tudo mudando e é um ótimo momento para as pessoas começarem a mudar os hábitos também.

Elas vão pensar se continuam fumando, mantendo um estilo de vida sedentário, se alimentando mal e por aí vai. A quantidade de informação disponível com apenas um clique é muito grande, por isso todos esses padrões estão sendo questionados.

A gente termina o ano de forma diferente, com muito mais conhecimento. Graças à coluna eu evolui bastante e acho que quem leu aprendeu coisas novas e importantes para refletir sobre diversos aspectos de suas vidas. A minha evolução está totalmente aqui no No Pain No Gain, que foi um compromisso que assumi com os nossos leitores.

Espero que 2016 seja um ano maravilhoso para todo mundo. Que as pessoas realmente mudem seus estilos de vida, colocando o exercício e uma alimentação saudável na rotina.

Para o próximo ano vou continuar estudando e trazendo os melhores assuntos para a coluna.

E queria agradecer também a todo mundo que acompanhou a No Pain No Gain durante este ano.

Para finalizar com a última moral da história do ano: Papai Noel só é gordo porque mora no Polo Norte.

Ótimas festas e até 2016.

11/12   Treine 30 dias sem pagar nada

alt

É nesta sexta-feira, dia 11, e sábado, 12, que você tem a oportunidade de dar início ao processo de mudança no estilo de vida. A Trainer lança este desafio para o pessoal do Alto do Ipiranga e bairros vizinhos. Nesta sexta e sábado, teremos uma equipe completa na unidade II (Avenida Henrique Eroles, 467, Alto do Ipiranga) para fazer aferição de pressão, medir diabetes, avaliação física e orientação nutricional e de fisioterapeutas.

O Desafio da Trainer tem o objetivo de estimular as pessoas sedentárias a realmente mudar o estilo de vida, descobrindo a melhor maneira de fazer isso a partir dos resultados das avaliações. Todo mundo que participar - exceto quem já é aluno - vai ganhar um free pass para treinar por 30 dias sem pagar nada. A pessoa poderá escolher entre musculação, ginástica ou pilates.

O horário do Desafio será: nesta sexta das 8 às 21 horas, e no sábado das 8 às 13 horas.

Convide amigos e familiares e venha mudar seu estilo de vida com a Trainer.

10/12   Dieta: conheça a arepa

alt

Você sabe qual é o alimento no título acima? Sim, arepa é um prato tradicional colombiano que pode ser um grande aliado da dieta saudável.

Como está na moda excluir o glúten da alimentação, esta é uma boa opção para substituir o pão francês no café da manhã, por exemplo. Assim como a tapioca caiu na graça de todo mundo, a arepa deve ser a próxima grande protagonista da dieta saudável.

Ela é feita basicamente de milho e água, com uma preparação semelhante à tapioca. Os acompanhamentos podem ser doces e salgados e a arepa acaba tornando-se uma ótima opção para dar uma variada naquilo que você está comendo.

Quer saber a receita? Clique aqui.

09/12   Pilates reduz em 25% risco de problemas cardíacos

alt

A prática de uma atividade física moderada de forma regular reduz em 25% o risco de problemas cardíacos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). É justamente aí que entra o pilates, que trabalha tanto o corpo quanto a mente.

Nas duas unidades da Trainer, Mogilar e Alto do Ipiranga, temos espaços dedicados exclusivamente à modalidade com professoras altamente capacitadas para atender alunos com diferentes objetivos. Dor nas costas, correção de postura, aumento da flexibilidade e capacidade cardiorrespiratória e por aí vai são algumas das indicações para você começar a praticar o pilates.

Outro benefício é o aumento da massa magra e o consequente fortalecimento muscular. A matéria completa sobre isso pode ser lida aqui.

Enfim, é uma atividade indicada para homens e mulheres de qualquer idade. Venha fazer uma aula com a gente e, como dizem as nossas professoras, comece a pilatear.

08/12   Desafio da Trainer

alt

A Trainer lança um desafio: na próxima sexta-feira, dia 11, e sábado, dia 12, você pode dar início ao processo de mudar o seu estilo de vida. Na unidade do Alto do Ipiranga, estaremos com uma equipe completa fazendo avaliações físicas, aferindo pressão, medindo diabetes e mais uma série de outros serviços, inclusive orientação nutricional e de fisioterapeutas.

Todo mundo que participar do evento, que não seja aluno da Trainer, ganhará um free pass para treinar gratuitamente por 30 dias (musculação, ginástica ou pilates) e já conquistar importantes resultados.

O Desafio da Trainer tem o objetivo de estimular as pessoas a começarem uma atividade física para mudar o estilo de vida e ser mais saudável.

Nosso desafio é justamente este: que a pessoa estabeleça um objetivo – possível de ser alcançado em 30 dias – e nós faremos de tudo para ele seja conquistado.

Os horários serão os seguintes: das 8 às 21 horas na sexta-feira, dia 11, e das 8 às 13 horas no sábado, dia 12.

Convide familiares e amigos e venha participar do Desafio da Trainer.

07/12   Melhore seu desempenho em provas de natação

alt

Aproveitando que neste domingo, dia 13, tem Fuga das Ilhas, uma das provas de natação mais esperadas do ano, a coluna No Pain No Gain desta semana é para quem quer participar de competições de piscina ou travessias.

A dica geral é igual da coluna da semana passada sobre provas de corrida: fazer avaliações clínicas antes de iniciar qualquer treino. (para ler clique aqui). Depois da avaliação é hora de realmente começar os treinos. Veja as cinco dicas dadas pelo mestre em fisiologia do exercício e proprietário da Trainer, Marcos Pudo.

Frequência
A natação não se assemelha a nenhuma modalidade, porque é feita no meio líquido. A frequência é importante para se adaptar melhor ao ambiente onde será praticada, por isso, menos do que três vezes por semana é complicado. Nadando duas vezes vai ser difícil conquistar bons resultados. Não adianta só nadar mais na véspera da prova, por exemplo. Em provas de piscina é preciso treinar a virada, não basta só ter velocidade. Essa parte técnica é fundamental, assim como a apneia. Menos de três vezes por semana fica complicado justamente por isso.

O ideal é sempre intercalar para ter um dia de descanso. Se organize para ter esse dia, porque daí você consegue ter uma intensidade maior nos treinos.

Avaliação específica
Depois de se adaptar, você precisa saber em qual ponto está na natação. Igual à corrida (clique aqui para ler), você precisa fazer uma avaliação específica da modalidade que está praticando, principalmente do estilo do nado que você quer disputar uma prova. Faça testes, descubra seu tempo e vá fazendo essas medições. A partir daí é que o técnico vai montar um treino para que você evolua. Não tem como fazer um treino sério sem referência, isso serve para qualquer modalidade. Seria o equivalente a ir ao médico com uma dor na perna e ele prescrever um remédio para dor de cabeça, não vai adiantar nada.

Se a ideia é saber qual é o remédio correto, o médico tem de ter o diagnóstico. Isso serve para a atividade física também. Os testes na piscina são variados, desde velocidade a resistência, por isso é legal conversar com o professor para saber qual é o mais indicado para o seu caso.

Adaptação ao ambiente
Se você estiver pensando em fazer uma prova em águas abertas, seja rio ou mar, é importante conhecer o local antes do dia da prova, principalmente se for a sua primeira. Vá até lá, nade um pouco se for possível e tente se ambientar. Nas provas de águas abertas, cada ambiente tem uma particularidade. O que já não acontece muito em piscinas, porque é basicamente um espaço que você já sabe como funciona e sofre menos influência de questões externas (ondas, correntes e vento).

Em represas, por exemplo, a água é mais escura e muita gente não está acostumada com isso, daí a importância de se adaptar. O mesmo vale para o mar, com ondas e correntes. Esse processo é importante para que você conquiste bons resultados.

Conhecimento
Assim como comentamos nas dicas para provas de corrida, o conhecimento é fundamental para qualquer pessoa. Por isso, a indicação é conversar com atletas mais experientes, buscar informações na internet e fazer parte de grupos de discussão sobre esse tema. Tudo isso vai dar informações para você entender melhor como é funcionamento das provas, dos treinos, da dieta e por aí vai. Como as provas de natação são bem diferentes (piscinas e águas abertas), ter informações é essencial para se sentir mais à vontade e não ficar morrendo de ansiedade antes da competição. Esse networking ajuda muito.

A natação tem uma característica competitiva um pouco diferente das demais modalidades. Em alguns casos, o cara está do seu lado na raia mas não fala com você, porque está quieto, se concentrando e focado em vencer. Mas nada impede que você possa criar ou participar de um grupo de pessoas que competem e troquem informações.

Composição corporal
Muita gente acha que quem nada pode ter um pouco mais de gordura para melhorar a flutuabilidade. Mas, considerando provas rápidas, isso já foi quebrado, porque a maioria dos atletas é magra e forte, com baixo percentual de gordura. Para quem faz travessias, aí sim pode ser uma verdade, porque melhora o desempenho.

A pessoa pode escolher as provas de acordo com isso. Na piscina, você precisa de mais força e será necessário aumentar a massa magra e diminuir a quantidade de gordura. A densidade da gordura e do músculo é diferente. Se você vai nadar uma prova de 50 metros, a flutuabilidade não é fundamental, porque é explosão e força. Diferentemente da travessia, cujo ritmo é menor e quanto mais em cima da água você estiver, menor vai ser a resistência e mais fácil para nadar.

Cuidar da composição corporal é importante, principalmente a turma da prova de piscinas, sobretudo por conta dos músculos. Eu já vi muita gente magra, com baixo percentual de gordura, sofrendo muito no mar, porque provas acima de 1500 metros exigem muito do corpo, e neste caso um pouco de gordura pode ser benéfico.

Moral da história: nadar é para peixe, por isso a adaptação é fundamental.

04/12   Dicas para a Fuga das Ilhas

alt

Uma das provas de natação mais esperadas do ano está chegando: a Fuga das Ilhas. Já é tradição na Trainer boa parte dos alunos participar, e neste ano não será diferente. Aproveitando que falta praticamente uma semana para a prova, que será no próximo dia 13, na Barra do Sahy, conversamos com o professor e técnico Marco Vicco sobre a preparação nesta reta final.

Ele comentou que a maioria dos alunos tem nadado uma média de 6 mil metros por semana. “Desde o início do ano essa turma tem feito esse volume de treino, o que é o ideal para a prova”.

Marco explica que nesta última semana a tendência é diminuir um pouco a intensidade do treino, mas manter a metragem. Além disso, ele recomenda que a turma descanse bastante e mantenha uma alimentação saudável.

“Na noite anterior à prova, é preciso comer uma boa quantidade de carboidrato para dar energia, mas opte pelos de baixo índice glicêmico. Uma massa leve é sempre uma boa opção”, diz Marco.

Já para o dia da prova a recomendação é um café da manhã com alimentos que façam parte da sua rotina, nada de experimentar coisas novas para não ter problemas.

“Para o dia da prova em si, leve um óculos reserva e faça um aquecimento leve no mar. Durante, procure os barcos de apoio para se orientar, mas também outros nadadores ou pontos de referência fora d'água, como torres ou prédios”, comenta.

O técnico também orienta sobre a respiração: opte sempre pelo lado contrário às ondas para evitar beber muita água. Se sentir câimbra, diz Marco, mantenha a calma e alongue o músculo, flutuando de barriga para cima.

“É importante não sair muito na muvuca. Tente manter a calma desde o início da prova e vá no seu ritmo. Principalmente para quem vai pela primeira vez, o grande desafio está em terminar, então mantenha isso em mente e boa prova”, finaliza o técnico.

03/12   Carboidrato ajuda a emagrecer

alt

Temos falado há um bom tempo sobre como o carboidrato pode ser um aliado no processo de emagrecimento. Inclusive, isso já foi tema da coluna No Pain No Gain (clique aqui para ler).

Uma pesquisa da Universidade de Jerusalém, em Israel, confirmou a mesma coisa. Os pesquisadores afirmam que “comer carboidrato à noite aumenta a produção do hormônio leptina, responsável por controlar o apetite”.

O mestre em fisiologia do exercício e proprietário da Trainer, Marcos Pudo, tem afirmado constantemente o quão é importante não cortar o carboidrato da dieta. “O corpo precisa de energia para a prática de atividade e é justamente o carboidrato o responsável por isso. Temos indicado que cortá-lo da alimentação não vai fazer com que a pessoa perda peso”, explica.

Para ler a reportagem completa no site Educação Física clique aqui.

02/12   Trainer inaugura sala de HIIT

alt

A partir desta quarta, dia 2, os alunos da Trainer têm mais uma super novidade: a sala de HIIT (High Intensity Interval Training) (leia mais aqui). A ideia do treino intervalado de alta intensidade é que a pessoa dê 100% da energia na atividade para conquistar importantes resultados.

É importante dizer que a nossa sala (por enquanto na unidade do Mogilar, mas em breve teremos novidades para o Alto do Ipiranga) não é de funcional nem de cross fit. “Às vezes há uma confusão em relação a isso, mas o HIIT é bem diferente, porque é um método consistente de treinamento, que dá resultados sem prejudicar o praticante num longo prazo. Estudamos e pesquisamos muito sobre isso antes de oferecer aos alunos, por isso, quem vier terá todo o acompanhamento para aproveitar ao máximo o HIIT”, explica Marcos Pudo, mestre em fisiologia do exercício e proprietário da Trainer.

A sala, com equipamentos próprios para o HIIT, terá horários de manhã, tarde e noite, e basta o aluno chegar. Ela está no mesmo lugar da sala de lutas, ok?

A coordenadora de ginástica da Trainer, Fernanda Frederico, explicou que qualquer aluno pode participar. “Pode vir fazer o treino normal e depois finalizar com o HIIT. Ou pode vir só para o HIIT também, não tem problema”.

Sobre o treino, Fernanda diz: “Aqui é o lugar para a pessoa dar o máximo de si, porque os exercícios exigem, e muito, de todos. Quem entrar na sala pode vir preparado para suar e se esforçar ao máximo, porque é bem puxado”.

O interessante do HIIT é que o praticante melhora o condicionamento e ganha resistência e força, além de queimar uma quantidade razoável de calorias.

“O HIIT é intenso, mas nem por isso é excludente. Todos os alunos podem participar, cada um em seu ritmo. Portanto, faça uma visita à sala e bom treino”, finaliza Fernanda.

01/12   Evento da natação é no próximo sábado

alt

No próximo sábado, dia 5, teremos a apresentação das turmas da natação de bebês e crianças. O evento já é tradição na Trainer e todo mundo participa em peso, tanto as crianças quanto os pais. As inscrições já estão encerradas, mas batemos um papo com o coordenador de natação da Trainer, Marcelo Cursino, sobre o que vai rolar no sábado.

Quase esquecemos: além do evento, o Papai Noel vai chegar de parapente aqui na Trainer, cheio de presentes para as crianças. Vai ser uma grande festa a partir das 9 horas.

Abaixo, a conversa que tivemos com o Marcelo sobre o evento:

Trainer Academia: Qual é a importância de as crianças participarem do evento?
Marcelo Cursino: A importância é máxima, principalmente para os pais que não conseguem acompanhar as aulas no dia dia e vivenciarem na prática o momento que seus filhos estão na natação, o que eles estão aprendendo e desenvolvendo. Outro ponto é na motivação das crianças, sair da rotina da aula e curtirem uma experiência nova com seus amigos e familiares. E os professores certificarem a tamanha importância do trabalho deles na vida dessas crianças.

Trainer: Como é possível medir a evolução de cada uma durante o ano?
Marcelo: Durante o ano são feitas quatro avaliações técnicas pelos próprios professores da turma, nas quais são classificados os alunos nos níveis adequados. Não só a avaliação é um parâmetro, como as aulas na prática sob o olhar do professor, que acaba identificando características individuais dos alunos.

Trainer: O que está programado para o evento?
Marcelo: Estamos muito felizes pela procura que tivemos. Isso mostra a confiança e a responsabilidade de nosso trabalho. Estamos programando a chegada do Papai Noel de parapente para receber os bebês e crianças, com entrega de brindes e muita festa. Logo após iniciaremos a aula especial dos bebês com os pais participando com seus filhos e simultaneamente a apresentação da natação infantil, em piscinas separadas.

Trainer: Quais são os planos para 2016 na natação para bebês e crianças?
Marcelo: Vamos continuar enfatizando o desenvolvimento motor e cognitivo das crianças, por meio de aulas lúdicas e divertidas. Iremos utilizar temas de auxílio para trabalhar em paralelo às aulas. Participar de festivais de natação infantil na região do Alto Tietê e organizarmos mais eventos internos para motivar e aumentar o relacionamento entre os alunos.