30/06   MANHÃ ZEN DA TRAINER TERÁ AULA ESPECIAL DE PILATES E IOGA

A3 Manha Zen Trainer-01

Pensando em reunir os alunos das duas unidades da Trainer num dia super relaxante, preparamos uma manhã bem tranquila para vocês curtirem um aula especial de pilates e ioga, na Manhã Zen da Trainer. A atividade será neste sábado, às 9h30, no Parque Centenário.

O bacana é que, além de curtir as aulas, você ainda poderá levar um amigo ou familiar para recarregar as energias num cenário diferente da academia. E o melhor: esta pessoa vai ganhar uma aula experimental de pilates em um dos estúdios da Trainer, e concorrer a brindes especiais.

Aproveitando que todos estarão num ambiente super legal, ainda vamos fazer um grande piquenique após a aula, por isso, cada um deve levar um prato daquilo que mais gosta.

Não se esqueça também de levar uma toalha, canga ou esteira para a prática.

Em caso de chuva, a aula será transferida para as duas unidades da Trainer, a partir das 10 horas. Para saber se o evento está confirmado, basta ligar em uma das duas unidades da Trainer na sexta-feira anterior, dia 3, ou ficar atento em nossa fanpage e Instagram, que vamos divulgar todas as informações.

Por conta do evento, as aulas de ginástica especiais de sábado não serão oferecidas.

29/06   SAIBA COMO PERDER PESO COM SAÚDE

NO PAIN NO GAIN

Já falamos que perder peso é diferente de emagrecer (leia mais aqui), e agora é a vez de você descobrir como conquistar o corpo tão sonhado da forma correta e com saúde na segunda parte da coluna No Pain, No Gain.

Na maioria das vezes as pessoas pensam que para perder peso é preciso fazer apenas exercícios aeróbios, porque queimam bastante calorias, e tendem a diminuir a alimentação, mas isso está errado. Essa prática cria um déficit entre perdas e ganhos. A pessoa até vai emagrecer, mas pelo balanço energético negativo e nem sempre é saudável. 

O corpo é mais inteligente do que imaginamos. Entrar e sair de uma dieta repentinamente é a pior escolha. Por isso que, quando alguém entra em um programa de emagrecimento ou faz uma dieta e desiste rapidamente, ganha mais peso do estava anteriormente. Esse processo chama-se super compensação, que ocorre quando oferecemos menos energia necessária do que gastamos. Daí quando chegar novamente a hora de fazer uma refeição, o corpo vai acumular mais gordura para que possa fazer mais um ciclo. 

Recomendamos que você alie uma alimentação balanceada com exercícios e mude o seu estilo de vida, com atividades físicas frequentes, de moderadas a intensas.

O que se deve fazer

Faça exercícios anaeróbios do tipo de força e resistência. Se você fizer 50 minutos de aula de ginástica, mais 30 minutos de musculação, ao total vai dar uma hora e vinte, e se você não emagrecer em um mês, o problema está na sua alimentação e não no treino. Fazer só a dieta e não aliar um treino em uma academia vai fazer com que você só reduza o tamanho, e não o peso de maneira saudável, podendo ganhar os quilos novamente.

Iniciantes podem fazer musculação e aeróbios três vezes por semana em dias intercalados. Caso não tenha tempo, faça caminhadas e tenha uma vida mais ativa.

O mais importante: não diminua o consumo de calorias enquanto faz exercício, principalmente nos primeiros 20 dias, pois é preciso esperar o corpo se adaptar e passar o estresse físico dos músculos para que gradativamente possa aumentar as cargas.

Com essa mudança, você vai melhorar a qualidade de vida. Tudo é uma questão de planejamento do seu horário, disponibilidade e força de vontade.

Ou seja, pesar menos é fácil, treinar forte e ficar com aquele corpo bacana é difícil, mas não impossível. 

Caso 

Uma aluna estava no programa de hipertrofia FPM (Forte Porém Mulher), e não queria se pesar, porque havia comido muito no final de semana. Insistimos e ela descobriu que engordou apenas 50 gramas. Essa é a vantagem do exercício: mesmo se você cometer alguns excessos aos finais de semana, seus músculos queimarão boa parte.

Moral da história: tire o pé do chão e suba na balança.

26/06   TRAINER TERÁ MARATONA DE EVENTOS ESPECIAIS EM JULHO

O mês de julho está chegando e, para entrar no clima de férias e curtição, preparamos uma programação muito especial para não deixar ninguém parado nestes dias frios.

Tem opções para todo mundo, com lançamentos da Body System, manhã zen, maratonas e muito mais.

Veja a programação completa:

Post Ferias de julho Trainer-01

Ficou animado e quer saber de todos os detalhes? Não se preocupe, vamos publicar posts explicando tudo para você não perder nenhum evento. Só lembrando que também contamos essas e muitas outras novidades na nossa fanpage (clique aqui para curtir) e no nosso perfil no Instagram (clique aqui para seguir).

 

25/06   CORRENDO DIREITO

CORRIDA-TENIS-532x355

Você está começando o seu projeto verão ou simplesmente quer mudar e melhorar a sua qualidade de vida e optou pela corrida? Então preste muita atenção, pois esse texto vai esclarecer e tirar todas as suas dúvidas.

Dê suas passadas, enfrente os desafios e emagreça de forma saudável com a corrida. Conversamos com a professora de corrida da Trainer, Andressa Franco, que indica passo a passo para você aproveitar ainda mais o treino.

“Para quem é sedentário, pode começar com caminhadas leves e depois variar com trotes. Fazer uma sequência para adquirir resistência também é interessante. Por exemplo, corra um minuto e descanse dois minutos e vá diminuindo o tempo de descanso aos poucos, assim você fica mais forte e preparado”, explica.

Em média, ao fazer uma caminhada ou corrida leve, gasta-se em torno de 240 a 500 calorias, podendo variar conforme o ritmo e intensidade. Para não perder o pique depois dos primeiros meses de treino, é importante conversar com o professor para ter um treino específico para não haver nenhum tipo de lesão ou cair na rotina. Também é preciso estar atento à alimentação e na ingestão de carboidratos.

“Variar o treino sempre é importante para motivar o aluno. Um treino diferente sempre chama atenção e empolga, fazendo com que ele esteja sempre nas aulas seguintes. Os carboidratos são muito importantes, porque funcionam com um combustível para qualquer atividade física. Ingira uma boa quantidade antes do treino. A proteína também não fica de fora, pois ajuda na recuperação muscular após o treino”, recomenda a professora.

Se você se interessou e quer praticar as aulas de corrida com a professora Andressa, basta vir na unidade do Alto do Ipiranga e se inscrever na turma de corrida. Lembrando também que todas as quintas, a partir das 9 horas, as aulas são livres e qualquer pessoa pode participar.

 

 

 

 

24/06   CURSO DE MERGULHO COM PREÇO ESPECIAL

Trainer Mergulho2

A Trainer e o professor de mergulho Wagner Cardoso estão oferecendo um desconto bacana para quem quer participar do curso de mergulho básico Open Water Diver Padi.

Para fazer a matrícula o interessado paga R$ 560 em até duas vezes no cheque. Para quem já é aluno da Trainer, ainda tem mais um desconto especial.

Neste valor já está incluído um kit básico composto por máscara, snorkel e nadadeiras. Porém outros equipamentos avançados e as quatro aulas de mar, que são obrigatórios para a formação, não estão incluídos, mas é possível adquirir com o próprio professor por R$ 400.

Na conclusão, os alunos receberão a credencial e material didático PADI (Professional Association of a Diving Instructors), uma das certificadoras mais reconhecidas do mundo na área do mergulho.

O curso segue o mesmo, composto por aulas teóricas, vídeo aulas e atividades práticas na piscina da Trainer e no mar. Aproveitem porque as matrículas já estão abertas e a promoção vale até o dia primeiro de agosto.

Mais informações podem ser adquiridas com o próprio professor Wagner pelo telefone 95606-7020.

23/06   NOVA TURMA DO FPM TERÁ REUNIÃO NO DIA 14

Post FPM 14-07 Trainer-01

Atenção mulheres: a próxima reunião do programa FPM (Forte, Porém Mulher) já tem data, local e horário confirmados. Acontecerá no próximo dia 14, às 19h30, na unidade do Alto do Ipiranga.

O FPM é um programa exclusivo da Trainer que alia exercícios de força e orientação nutricional para mudar a vida das participantes. O primeiro passo é participar da reunião, no qual o professor Dennis Mendes e outros professores passarão as informações sobre as etapas do programa.

Quem ainda não é aluna da Trainer, mas quer participar do FPM, basta fazer sua matrícula No programa de fitness na recepção e confirmar a presença na reunião.

Ou se preferir, faça a inscrição no formulário abaixo:

 

22/06   NEM SEMPRE EMAGRECER É PERDER PESO

NO PAIN NO GAIN

Muitas pessoas se questionam sobre o peso, mas o que elas não percebem é que ao subir na balança estão fazendo a medida errada. Na coluna No Pain, No Gain desta semana, você vai descobrir como emagrecer com saúde.

Temos as nossas partes do corpo e o total peso de gordura, na qual é somada a gordura essencial; que é maior nas mulheres por conta da reprodução, amamentação, da largura do quadril e seios; e a gordura não essencial, que também é chamada de gordura de estoque ou subcutânea, um tecido adiposo que fica entre o músculo e a gordura, e é essa que acaba incomodando muita gente.

Dentro da massa isenta está a massa muscular, que também está nos ossos, a pele, outras estruturas e tecidos do corpo. Tudo isso faz parte do peso total, ou seja, falar de gordura é falar sobre tudo isso e também da massa muscular, cuja composição é 73% de água. Resumindo: do peso total, quase 60% é agua.

A balança é o pior referencial para se medir o peso. Existe o Índice de Massa Corporal (IMC) que é a forma de medição mais usada nas pessoas sedentárias. Considera-se o peso total e divide-se pela altura ao quadrado. O resultado é o índice de massa corpórea. Para se ter uma base, se o número estiver entre 17 e 18, a pessoa está abaixo do peso.  Entre 18,5 e 24,99, está com o peso ideal, na faixa de 25 a 29,99, há um sobrepeso, e acima de 30 é considerado obesidade.

Outro método importante de medida é a da cintura, pois é nela que fica acumulada a gordura visceral, que faz mal à saúde. Este excesso significa que existe uma ingestão de carboidratos, gordura e proteínas a mais, se tornando um estoque lateral na barriga. A medida essencial para as mulheres é de 80 a 82 centímetros, e para os homens é de 90 a 94 centímeros.

Subir na balança é o menos indicado para descobrir como está o corpo. Estudos comprovam que quem se pesa com mais frequência dificilmente irá engordar em relação às outras que evitam a balança. Isso ocorre porque quando se utiliza a balança, você observa as variações, fica mais preocupado e avalia frequentemente. Se você subir na balança, não pire!

O indicado é frequentar uma academia, porque você terá um maior controle. Um trabalho supervisionado e orientado faz toda a diferença.

Caso
Uma aluna não queria de jeito nenhum fazer a medição de composição corporal porque ela havia engordado muito. Insistimos e ela apareceu sorrindo com o resultado em mãos, dizendo que havia ganhado dois quilos de massa muscular e perdido meio quilo de gordura no prazo de trinta dias. Portanto não pire!

Moral da história: tire a bunda do sofá e venha avaliar o seu peso.

19/06   ALUNOS SE PREPARAM PARA TORNEIO DE NATAÇÃO

natação-jebh

Sempre que uma competição está chegando, os alunos da natação da Trainer intensificam os treinos em busca de melhorar os resultados e conquistar os primeiros lugares no pódio. Para o IX Torneio de Inverno de Natação, que será neste sábado, dia 20, a turma da piscina tem treinado forte nas últimas semanas.

Nestes casos, o professor de natação da Trainer, Marco Vicco, intensifica e foca ainda mais os treinos para aqueles que querem ter um bom rendimento, bater seu próprio recorde e subir no pódio para representar a Trainer.

“Nesta competição em especial, os treinos nas últimas duas semanas têm sido específicos e focados de acordo com o estilo e modalidade de cada aluno. Entre as técnicas, estou trabalhando as saídas, viradas e chegadas, além do trabalho aeróbio e de velocidade. Tudo isso para que eles fiquem bem preparados para o dia da prova e tenham um bom desempenho na competição”, explica o professor.

Marco conta que os alunos gostam deste tipo de circuito porque ficam super motivados pelo desafio de participar, o que em alguns casos acaba sendo mais importante do que os resultados.

“Alguns alunos já participaram da outra edição, a de outono. O que motiva todo mundo é que em cada participação eles vão marcando pontos e, no final das quatro etapas, os três primeiros colocados são premiados”, comenta Marco.

17/06   SAIBA QUAIS SÃO OS PIORES ALIMENTOS PARA HIPERTROFIA

homem-forte-comendo-503x330

Para ter um corpo bacana é preciso muitos esforços, dedicação, disciplina e muita atenção na alimentação. Mas você já ouviu falar que alimentos como soja, álcool, açúcar e carnes processadas podem retardar o desenvolvimento dos músculos no treino de hipertrofia?

Para esclarecer essa dúvida, conversamos com a nutricionista da Trainer, Yaline Burger, que respondeu sobre como a soja e o álcool reagem no corpo.

Sobre a soja, ela explicou que muitas mulheres incluem na dieta quando estão na fase da menopausa, porque alivia os sintomas do período, mas no caso da hipertrofia ela age de forma inversa.

“A soja, assim como outras leguminosas, como feijão, grão de bico e lentilha, tem inibidores de enzimas proteolíticas, que não permitem a absorção das proteínas importes para a reposição da massa. Um exemplo é a isoflavona, que age como fitoestrogenio, aumentando os receptores no organismo. No caso da hipertrofia, ela age ao inverso, deixando em falta a testosterona, um dos hormônios responsáveis para o ganho de massa muscular”, explica.

Bebidas alcóolicas e excesso de sal e açúcar são outras bombas que impedem o atrofiamento natural dos músculos, pois o álcool e o sal inibem a queima dos estoques de gordura e causam desidratação. Já o açúcar não interfere no ganho de massa muscular se estiver em quantidade suficiente.

“O problema quando falamos no açúcar é que tudo que comemos tem algum tipo de doce na composição, e aí temos o excesso. Para reagir a isso, o organismo retira o açúcar do sangue e deixa armazenado como tecido adiposo (gordura corporal)”, diz a nutricionista.

As carnes processadas também não são boas fontes proteicas, porque têm alta quantidade de açúcar para conservar e água para dar volume, ou seja, você come menos proteína do que devia. Isso vale para hambúrguer, salsicha e outros alimentos.

Como sabemos, homens e mulheres têm necessidades diferentes, portanto, é preciso ter uma dieta balanceada e saudável, recomendada pelo seu professor ou por um profissional para atender às exigências de cada tipo de pessoa.

Vale lembrar que não devemos retirar totalmente esses alimentos do dia a dia. Procure fazer uma dieta bacana, assim você estará livre, poderá comer de tudo um pouco e ter bons resultados.

16/06   DESCUBRA COMO FUNCIONA A MEMÓRIA MUSCULAR

10-erros-quem-treina-megagymacademia-06

Provavelmente você já deve ter feito alguma dieta que promete milagres, certo? Segue as recomendações por um mês, perde alguns quilos, mas acaba recuperando tudo novamente. Isso acontece porque boa parte destas dietas é feita à base da retenção hídrica. Mesmo quando se perde uma quantidade alta de gordura e volta aos hábitos antigos, os quilos voltam de forma rápida. Isso se dá por conta da memória muscular, você sabia?

Essa mesma situação pode acontecer com aquela pessoa que frequentou a academia e teve de parar. Quando retorna, recupera rapidamente a boa forma. Você sabe o que acontece?

Isso ocorre porque os músculos possuem uma memória, que pode durar anos, facilitando a recuperação da forma física anterior. É como se os músculos se lembrassem do seu estado anterior.

Se você está nessa situação, fique atento às dicas do professor de musculação da Trainer Ricardo Seiji.

“Para a pessoa que treinava há tempos, parou por até três meses e está retornando agora, não precisa alterar muita coisa na rotina, já que o retorno da forma física tende a ser mais rápida. Devido à criação de uma memória na célula muscular sólida, a tendência é de quando volte a treinar, você retorna à forma física mais rapidamente e não precisa começar tudo de novo”, comenta o professor.

Se você quer começar a treinar para ficar com o corpo em dia já pensando no projeto verão 2016, vá até uma de nossas unidades, informe-se e participe dos nossos programas de hipertrofia ou do FPM (Forte, Porém Mulher).

Você conseguirá ótimos resultados e vai ficar com o corpo que sempre quis.

15/06   VIVA MAIS! TENHA UMA VIDA ATIVA!

NO PAIN NO GAIN

Hoje em dia temos diversas informações e medidas para termos uma média de quanto devemos nos dedicar para chegar a determinado ponto. Sabemos que o recomendado é atingir em média quatro mil quilocalorias em atividades físicas por semana, para se conquistar maior longevidade e qualidade de vida. Em média, é preciso gastar quinhentas quilocalorias por dia. Diante de tantos estudos comprovados e dados de medição que temos para ter um corpo bacana e nos padrões saudáveis, as pessoas não procuram se exercitar de forma frequente e bem acompanhada.

Em um estudo revelado nos Estados Unidos, reparou-se que pessoas que praticam atividades de forma moderada reduzem em 8% o risco de infarto e doenças cardiovasculares, e quem faz com mais intensidade, esta taxa aumenta para 23%, ou seja, tem uma chance menor ainda de sofrer alguma doença do gênero.

Se você que está lendo isso ficou assustado e quer começar a mudar e ter maior longevidade, seguem algumas dicas e exemplos para começar aos poucos e ter bons resultados.

Para os sedentários, o recomendado é começar com uma caminhada de intensidade leve a moderada e indicamos aumentar a intensidade ao longo da semana. Se não tiver tempo para caminhar todos os dias, faça uma caminhada mais intensa durante trinta minutos. Quanto menor o número de vezes e tempo disponível, deve-se fazer com maior intensidade para atingir 2 mil ou 3 mil calorias gastas por semana.

Agora, para quem já está correndo atrás há algum tempo, é importante lembrar que quanto maior o nível de intensidade da atividade, melhor será o benefício. Ela faz toda a diferença, mas leve em consideração também os limites e estruturas de cada pessoa.

Portanto, escolha a atividade que você sente mais prazer, seja natação, musculação, corrida, enfim, o que você deve controlar e ficar atento são todas essas variáveis e entender que a intensidade também é fator determinante.

Caso real
As mulheres do Forte, Porém Mulher (FPM) entram no programa e, durante as seis primeiras semanas, não correm com receio. Então nós oferecemos subsídios para consigam com força e padrão nutricional, perder peso e gordura e aumentem o seu rendimento.

Moral da história: tire a bunda do sofá e venha treinar!

12/06   NATAÇÃO TAMBÉM PODE SER UMA ATIVIDADE SOCIÁVEL

modalidadesNatacao1

A natação é uma das modalidades de extrema variedade e benefícios em relação a gasto calórico, porque envolve e trabalha o corpo todo, tem baixo impacto, é indicada para as pessoas com restrições ou limitações articulares ou musculares e também desenvolve a capacidade cardiorrespiratória, trabalha a extensão do pulmão e a respiração sobre pressão. Ou seja, é uma atividade completa e que todos podem praticar.

Porém, acredita-se que os alunos têm um perfil mais fechado e antissocial. Como você já deve ter percebido, os alunos da natação são diferentes do pessoal do fitness; até porque na natação o aluno fica submerso e no fitness tem maior contato com o próximo.

A imersão faz com que o aluno esqueça o estresse do mundo e esse é um dos pontos positivos da natação, além de ser um trabalho maior consigo mesmo. Já o pessoal do fitness é o inverso, quer mostrar que está com um shape bacana e é mais ligado à estética, além da saúde, é claro.

“A natação é uma prática individual, que requer esforço físico e mental. Os alunos levam mais a sério, são tranquilos e não participam tanto quanto as outras turmas. Ali na piscina cada um tem o seu tempo. Para que os alunos não fiquem tão fechados, trabalhamos a sociabilidade por meio do ambiente descontraído, alegre, contamos com boa estrutura, proporcionando um ambiente mais sociável, caloroso, com maior contato. Promovemos ações, competições e festas para todos ficarem animados”, conta o coordenador da modalidade da Trainer, Marcelo Cursino.

Além disso, o professor revela algumas novidades que estão por vir para os amantes da da água.

“Estamos preparando novidades para as aulas de natação e de hidroginástica, além de novos eventos e competições. Os alunos participam bastante e isso influencia muito no treino e no resultado”, comenta.

E você, ficou com vontade de conhecer um pouco mais da nossa estrutura e das aulas de natação? Então venha fazer uma visita na unidade do Mogilar e assista a uma aula.

11/06   COMO POSSO VOLTAR A CORRER?

corrida-2

Às vezes algo acontece e temos de parar de fazer o que mais gostamos, mas quando conseguimos nos recuperar, damos um jeito de voltar novamente à nossa paixão. Por isso, este post vai sobre quem, por algum motivo, precisou dar um tempo e parou de fazer caminhada ou corrida, mas agora quer voltar com tudo e está cheio de dúvidas.

Para isso, falamos com o professor de corrida da Trainer, João Felipe Camilo Gurgel, sobre como retomar os treinos aos poucos sem se prejudicar.

“O primeiro passo é voltar a ter os bons hábitos de antes e atitude. Ter em mente que quer mais qualidade de vida, ficar com o corpo em dia e seguir firme, mas antes de tudo é preciso fazer um exame médico e ver se está apto a voltar. Se a pessoa era um aluno ativo, pode começar com uma caminhada ritmada, com frequência de três vezes por semana no mínimo, em média 30 minutos, lembrando-se sempre de fazer um bom alongamento, usar roupas leves e confortáveis e andar com uma garrafinha de água”, ensina João Felipe.

Se o aluno treinar de três a cinco vezes por semana, terá bons resultados em apenas um mês, porém não adianta fazer caminhada ou corrida e depois não cuidar da alimentação.

O professor também dá uma dica muito importante na hora de escolher os melhores exercícios.

“O ideal é fazer treinos intervalados, como por exemplo, um minuto correndo e outro caminhando, até chegar a uma boa quilometragem contínua; isso deve ser feito aumentando o tempo e a intensidade aos poucos. Os treinos intervalados são excelentes para a melhora do condicionamento e no processo de emagrecimento”, explica.

Quem está querendo voltar aos treinos pode comparecer na unidade I da Trainer, no Mogilar, e se inscrever nas aulas de corrida, que acontecem todas as segundas e quartas-feiras, a partir das 19h30 e no Alto do Ipiranga, todas as sextas às 19h30. Você terá um treino bem diferente em todas as aulas para não cair na rotina e potencializará ainda mais a atividade física.

10/06   AGORA A TRAINER TAMBÉM TEM AULAS DE BALÉ CLÁSSICO

CORRETO Aulas de Bale Trainer-01

A Trainer trouxe mais uma novidade para quem estava à procura de um espaço apropriado e bacana para fazer aulas de balé. A partir do próximo, vamos oferecer aulas de balé clássico nas duas unidades da academia.

Para falar mais sobre essa novidade, conversamos com a professora de balé clássico Amanda Braga sobre os benefícios da dança

“São vários: a melhora na coordenação motora, aumento na flexibilidade, força, equilíbrio, musicalidade e consciência corporal e disciplina. Não há restrições para a prática, porque ajuda na saúde e na postura. O balé é baseado em disciplina, então conforme as crianças começam a praticar, melhoram a técnica e o respeito, já que têm de lidar com outras crianças. Como as músicas são mais calmas, ajudam a tranquilizá-las, e durante as aulas acabam liberando toda a energia acumulada”, conta a professora.

O método de ensino da Amanda é o vaganova, e aplicará tambem o royal, já que estudou diversos estilos de danças. Ela vai passar às alunas os pontos mais importantes de cada etapa, fazendo com que as aulas sejam sempre interativas e interessantes.

As aulas serão divididas em duas turmas: quartas e sextas-feiras, na unidade do Alto do Ipiranga, das 14 às 15 horas, será preparatório (7 a 11 anos), e das 15 às 16 horas baby class, para crianças entre 3 e 6 anos. Já nas segundas e quintas, na unidade do Mogilar, das 14 às 15 horas, para o preparatório, e das 15 às 16 horas, para o baby class.

Toda a estrutura será da própria academia, com estacionamento, vestiários, salas especiais, entre outras. Essa é mais uma oportunidade de fazer com que a sua filha tenha mais uma atividade física prazerosa e mais disciplina.

Corra e inscreva-se já em uma de nossas unidades!

09/06   CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DO PILATES

pilates boaforma

 

Para quem não sabe, o pilates é um método de alongamento e exercícios físicos que se aproveita do próprio peso do corpo durante a execução. A prática é muito procurada por mulheres de diversas idades e fases da vida para melhorar a flexibilidade, bem-estar e qualidade de vida. Mas a modalidade pode ser praticada por qualquer pessoa, de qualquer idade.

Para sabermos mais como funciona o método, conversamos com a fisioterapeuta e mais nova professora de Pilates da Trainer, Nara Araujo Maza, que falou sobre os benefícios para quem quer ter mais disposição no dia a dia.

“Os benefícios são diversos, como: ajuda a restabelecer e aumentar a flexibilidade e força muscular, melhora a respiração, concentração, equilíbrio e coordenação motora, corrige a postura e previne lesões. Bem executada e orientada, a técnica não traz impactos nocivos para as articulações, ligamentos ou musculatura. Assim, o pilates desenvolve um corpo uniforme, forte e saudável”, explica a professora.

Para quem tem vontade e quer começar logo a se exercitar de forma leve e calma, Nara contou sobre qual é a melhor frequência, recomendações e as primeiras impressões que percebe nos alunos ao longo da prática.

“Não há contraindicação absoluta, apenas precauções com gestantes, que podem iniciar após os três meses de gestação, e crianças a partir de dez anos. Todos os alunos que começam sentem melhora na postura e no bem-estar geral, porque percebem como o corpo fica forte para encarar um dia intenso de trabalho. Para um bom resultado, é indicado iniciar com duas vezes por semana, mas pode praticar até quatro; assim dá para trabalhar cada dia um grupo muscular, como por exemplo, um dia só flexibilidade, alongamento, força e controle da consciência corporal, entre outros”, comenta Nara.

Então você já percebeu que qualidade de vida, consciência corporal, respeito, integração plena, corpo e mente são o foco desta modalidade. Ficou com vontade? Então escolha uma de nossas unidades mais perto de você e venha pilatear!

08/06   QUALIDADE DE VIDA E LONGEVIDADE SE CONQUISTA DESDE CEDO

NO PAIN NO GAIN

A expectativa de sobrevida tem aumentado muito. Há duas décadas no Brasil, a média de sobrevida era de 70 anos, e hoje é de 75 anos. Nesta semana, na coluna No Pain, No Gain, vamos falar sobre como você pode ter maior longevidade e qualidade de vida.

A longevidade está mais ligada no avanço da tecnologia e da medicina, pois houve melhorias em remédios, cirurgias e há um maior conhecimento e condições de manter a pessoa viva.

As tarefas do cotidiano também foram reduzidas. O homem perdeu o tonos muscular, que é a capacidade de se manter em pé, tendo assim muitas disfunções ortopédicas, como escoliose e desvios posturais, que atrapalham a qualidade de vida.

Antigamente as pessoas eram mais ativas e havia pouca eficiência médica para mantê-las vivas, mas hoje o processo se inverte: temos informação, tecnologia, avanço na medicina e o homem está sedentário, logo a qualidade de vida cai pela metade.

Quando falamos em longevidade pensamos logo nas crianças, pois são elas que ajudam a medir a expectativa de vida de uma determinada população. Os aspectos psicológicos, sociais e a atividade física têm muita relação com amigos e família, ou seja, é de pequeno que se ensina os bons hábitos, tanto na atividade física ou no esporte quanto na alimentação saudável.

Os pais hoje em dia acham que não são responsáveis pelas atitudes dos filhos, ou seja, se a criança está com excesso de peso, eles vão culpar a escola ou outros lugares e não pensam que eles são a base e um espelho para os filhos.

Um estudo feito no Japão, com duas mil crianças, demonstrou que quanto mais tempo a criança ficar em frente à televisão, menor o gasto calórico e a tendência de engordar é maior, já que recebemos cerca de dois mil estímulos visuais e sensoriais para o consumo.

Outro estudo comprova que a expectativa de vida do ser humano diminui 1% a cada 500g de excesso gordura até os 50 anos de idade.

O sedentarismo era o sétimo motivo pelo índice de mortes no Brasil, hoje ele é o segundo. A obesidade mata mais em quantidade e velocidade do que o câncer.

Cinquenta e quatro por cento dos brasileiros são sedentários, ou seja, metade da população está suscetível a todo tipo de doenças. No Brasil, 4% da população faz atividades físicas dentro de academias, ou seja, se nós temos 400 mil habitantes em Mogi das Cruzes, temos em torno de 16 mil pessoas que praticam, um número pequeno.

É preciso mudar o estilo de vida e manter hábitos saudáveis desde pequeno. A família é o fator principal e importante. É preciso dar exemplo e tornar as crianças mais ativas, seja praticando natação, balé, ginástica, educação física na escola, futebol com os amigos, enfim, o importante é estar em movimento.

Caso real
Um filho adolescente de 13 anos de uma aluna estava um pouco acima do peso. A mãe pediu que ele fizesse uma dieta e exercícios para a perda de peso. Fizemos os exames necessários e o endocrinologista aconselhou a ele manter o peso, porque na puberdade o organismo acumula energia e gordura para crescer, então nessa fase ele cresce e emagrece muito rápido e sem problemas.

Então aplicamos exercícios de leve a moderada intensidade, apenas para tonificar o corpo, e o adolescente respondeu super bem, além de aliar outras atividades ao seu dia a dia.

Moral da história: tire a bunda da cadeira, largue o celular e vá treinar!

03/06   AVALIAÇÕES AJUDAM A MELHORAR RESULTADOS NA HIDROGINÁSTICA

 

Hidroginástica-fr-personal-trainer

Desde o início do ano, a Trainer oferece mais uma ação bacana e que tem surtido efeito para os alunos de hidroginástica. A cada dois meses são feitas avaliações com as turmas para acompanhar o desenvolvimento e deixar o treino cada vez mais satisfatório. Para falar sobre as avaliações e as melhorias, conversamos com o coordenador da natação da Trainer, Marcelo Cursino.

Todos os professores seguem uma programação e planejamento por mês, para que os alunos tenham o mesmo tipo de treino.

“Com esse mesmo método e objetivo de aula para todos, conseguimos atingir melhorias e aumentar a intensidade das aulas, que estão mais fortes. Os alunos sentiram isso na prática e estão mais animados e estimulados. Procuramos algo para medir e comparar como está sendo o desempenho e o que podemos melhorar e acertar. É uma avaliação simples, a cada dois meses, e funciona assim: ao longo de uma semana, há diferentes avaliações, como por exemplo, em um dia levamos uma balança e fita métrica e anotamos as medidas como a circunferência da cintura e peso de cada um, e vamos acompanhando para ver se houve diminuição e o que pode ser feito para aperfeiçoar ou continuar no ritmo”, explica.

Ao longo do ano, o aluno terá seis avaliações e, no final, poderá comparar de quando começou e como chegou ao final de mais um ano com bons resultados.

“Estamos tendo uma aceitação boa e a ação é uma forma de medir se o aluno está indo bem. É estimulante para o aluno, porque valoriza mais o serviço e percebe que está tendo um acompanhamento, e os professores podem trabalhar da melhor forma. Com os materiais e os professores mais motivados, foi triplicada a quantidade de alunos. Hoje temos cerca de cento e dez, só na hidroginástica”, conta Marcelo.

Além disso, foi investido e dado maior atenção na qualidade da água da piscina, temperatura e manutenção. Tudo isso é analisado em reuniões focando sempre no bem-estar do aluno.

02/06   O QUE É BIODISPONIBILIDADE ALIMENTAR?

combine-nutrientes-e-ganhe-saude-1-59

Sabemos que para ter um corpo bacana e mais qualidade de vida é preciso ter uma alimentação saudável, aliada à atividade física diária e, se possível, acompanhada sempre de um profissional.

Vamos falar um pouco sobre o processo metabólico que acontece todos os dias, chamado biodisponibilidade alimentar. Você sabia que nem tudo o que consumimos ao longo do dia pode ser absorvido ou processado pelo organismo?

Para explicar melhor como esse processo funciona, conversamos com a nutricionista da Trainer, Yaline Burger, sobre essa diferença entre o que se ingere e o que realmente é absorvido.

 “A biodisponibilidade dos alimentos é a diferença entre o que se ingere e o que realmente é absorvido. Existem vários fatores físicos e alimentos que em combinação com outros atingem o melhor aproveito dos nutrientes. Ou seja, os nutrientes interagem entre si, tanto de forma positiva, aumentando a quantidade, quanto de forma negativa, anulando seus valores”, explica a nutricionista.

Um exemplo bem fácil e simples de entender é o seguinte: nas refeições como almoço ou jantar, que apresentam alimentos ricos em ferro, como carnes, feijões e vegetais verdes, não devem apresentar leite e derivados com frequência, pois ele é fonte de cálcio e, se for ingerido próximo a essas refeições, diminui a absorção do ferro, mas, se houver a ingestão de alimentos que tenham vitamina C, a absorção do ferro é maior.

“A quantidade ingerida de nutrientes é fator importante que vai interferir na absorção. Para quem está em processo de emagrecimento ou quer manter o corpo em dia, voltamos ao ponto de sempre: é preciso ter acompanhamento médico ou específico, além das atividades físicas. O que engorda é o excesso de carboidrato ou gordura sem uso,” comenta.

Portanto, é importante buscar a orientação de um especialista e fazer um prato bem saudável e equilibrado com os valores nutricionais específicos para o seu biotipo. 

01/06   A IMPORTÂNCIA DO EXERCÍCIO PARA A GESTANTE

NO PAIN NO GAIN

O filho é uma dádiva e o período da gestação também. Mas, para que o mal-estar e as dores não atrapalhem este período tão especial para as mamães, é preciso que elas se mantenham mais ativas, e o exercício físico é o melhor remédio.

Câimbras, dores lombares, cervicais e ciáticas, inchaços, dificuldade no retorno venoso, aumento da pressão arterial, entre outros estão na lista de desconfortos e dores, pois há mudanças hormonais e comportamentais constantemente no corpo da mulher que está grávida.

E a atividade física vem para ajudar e diminuir tudo isso. Manter-se ativa facilita na participação da mãe na hora do parto, porque ela fica com uma tonicidade da musculatura abdominal mais desenvolvida e consegue facilitar a saída do bebê, pois está mais preparada e adaptada a sentir um nível de fadiga e tem tolerância maior à dor.

Além disso, o lado psicológico está bem trabalhado e o processo de recuperação é mais rápido do que de uma sedentária, tudo fica mais facilitado na vida dela.

Outra tendência é de que ela pare de trabalhar, ficar mais em casa sozinha. Ir para a academia melhora muito o relacionamento com as outras pessoas, a socialização e a autoestima porque ela está fazendo um esforço por ela e pelo bebê, tendo uma sensação de bem-estar, fora o aspecto estético, diminuindo as curvas e evitando o excesso de peso.

Vamos para a prática
Para as gestantes, o recomendado é fazer atividade física três vezes por semana de formas intercaladas, ou diariamente intercalando as modalidades. Por exemplo: treino de força no mínimo duas vezes e aeróbios de duas a três vezes por semana, musculação leve, hidroginástica, lembrando que isso vai variar muito do estado de saúde da mulher e da  disposição.

A duração dos exercícios deve ser em torno de quarenta minutos por sessão, com intensidade de leve a moderada. Nós tiramos atividades que tenham maior impacto, ou seja, a mulher não pode fazer muitos esforços.

O que não pode: correr, aulas de dança, spinning e musculação de alta intensidade

O que pode: caminhada leve na esteira, bicicleta ergométrica, hidroginástica e musculação leve

Procure aparelhos que a mantenham com uma postura correta, evite exercícios que aumentem a compressão, fortaleça o assoalho pélvico e a musculatura abdominal o máximo possível, além dos adutores, que são músculos da parte interna da coxa. O exercício também tem papel de moderador de apetite e mantém a postura.

Caso real
Uma aluna descobriu que estava gestante com dois meses e meio. Ela era muito ativa e neste período participou de corridas de meia maratona, fez musculação pesada e agachamento. Ao descobrir, ela não parou, porém diminui a intensidade e teve muita facilidade, tanto no parto quanto na recuperação. Seu bebê nasceu sadio e em poucas semanas ela já voltou a treinar.

Moral da história: tire as costas, a barriga e a coluna do sofá e vá treinar!