29/06   ALUNO DA TRAINER PARTICIPA DO SULAMERICANO DE STRONGMAN NA ARGENTINA

Nosso aluno Glauco Benigno embarca hoje para a Argentina para participar do Sulamericano de Strongman. As provas serão na cidade de Frias nos dias 2 e 3 de julho.

     13522036 719154984892292 7759185770555765819 n

O Glauco, que está com 115 kg, vai participar na categoria absoluta e competir com mais 13 atletas. Para o Sulamericano, foram selecionados os melhores de cada país no hemisfério.

"Estou muito confiante que ficarei entre os sete primeiros. Se isso realmente acontecer, será um passo enorme na minha carreira", destaca Glauco, que hoje é o 6º mais forte do Brasil pelo ranking da Confederação Brasileira de Strongman.

Este é mais um grande desafio para o nosso atleta. Estamos na torcida, Glauco!!

28/06   ALUNO DA TRAINER CONQUISTA VICE CAMPEONATO NO TROFÉU BRASIL DE TRIATHLON

Nosso aluno da natação Henrique Garcia Lores subiu no pódio mais uma vez neste fim de semana. Ele conquistou o segundo lugar em sua categoria na 3ª etapa do Troféu Brasil de Triathlon, disputada neste domingo (26/6) em Santos.

foto

Henrique competiu na distância olímpica – 1.500 metros de natação, 40 km de ciclismo e outros 10 km de corrida – na categoria 55 a 59 anos.

Nas duas primeiras etapas da competição, nosso atleta fechou as provas entre os 10 melhores. Na primeira prova do ano do Troféu Brasil, também em Santos, Henrique foi o terceiro colocado em sua categoria. Já na segunda prova do ano, disputada em maio na USP, chegou no segundo lugar.

A próxima etapa do Troféu Brasil será em 18 de setembro, em Santos. Estamos muito orgulhosos dos bons resultados conquistados pelo Henrique. Boa sorte nas próximas etapas!

27/06   5 ESTRATÉGIAS PARA REDUZIR A CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA

Já mostramos aqui na coluna No Pain No Gain o que você deve fazer para controlar a medida da sua cintura. Porém, se ao medir sua circunferência abdominal você verificar que ela já está acima dos parâmetros preconizados pelos órgãos de saúde - 80 centímetros para mulheres e 94 centímetros para homens - é preciso traçar uma estratégia para diminir sua cintura e garantir mais saúde.

O primeiro passo é entender que sua cintura aumentou porque houve um balanço energético positivo, ou seja, você ingeriu mais calorias do que gastou em um determinado período e, por isso, acumulou gordura na região do abdome. Com já dissemos antes, para as mulheres isso é um risco maior do que para os homens, devido a efeitos hormonais.

Por incrivel que pareça, a única estratégia que não funciona que é fazer apenas exercícios abdominais. Imagine que você tem um trabalho no qual movimenta mais um braço do que o outro. O lógico seria pensar que esse braço que trabalha mais seria mais magro, só que o organismo não funciona assim. Fazer apenas exercícios localizados não funciona, porque o substrato utilizado durante o exercício é o glicogênio, o açúcar, e não a gordura localizada, então você não consegue mobilizar a gordura apenas com exercícios abdominais.

Os exercícios abdominais devem compor um programa de treinamento, mas não devem ser a única estratégia utilizada. Veja aqui cinco estratégias para reduzir a circunferência da sua cintura.

Faça um balanço energético negativo
A primeira estratégia é inverter o que fez para acumular gordura, ou seja, ingerir menos calorias do que gasta. Para isso, diminua o consumo de alimentos. Você necessariamente não precisa mudar sua dieta, mas deve diminuir a porção do que come em cada refeição. Com isso, você passa a consumir menos sal, menos gordura, menos carboidrato. Seu peso corporal vai diminuir e, consequentemente, a circunferencia da cintura.

Aumente seu gasto calórico
Diminuindo ou mantendo o consumo de alimentos, para fazer um balanço energético negativo, você precisa aumentar seu gasto calórico. Comece pelas atividades físicas da sua rotina: desça do ônibus um ponto antes, escolha um restaurante mais distante do seu trabalho, suba mais escadas, atenda o telefone em pé. Isso já vai elevar seu gasto energético. Mas é interessante também iniciar um programa de exercícios, seja de musculação, de corrida, de natação, de emagrecimento, direcionado para o seu objetivo.

Divida suas refeições diárias
Geralmente as pessoas tem como principais refeições o almoço e o jantar. Algumas comem bem de manhâ, razoavelmente no almoco e muito bem no jantar. Mas o ideal é distribuir a quantidade de alimentos que você come diariamente em porções iguais nas refeições que você faz ao longo do dia. Comer muito à noite é um padrão errado para quem não pratica exercícios.

Outra medida interessante é, para aqueles que gostam de comer um chocolate após as refeições, dividir a barra com alguém. Assim você diminui o consumo de um alimento muito calórico. Para as mulheres, que costumam "deixar um espacinho" no almoço para comer um doce, procurem se astisfazer com a refeição. Opte por uma fruta para que não tenha a necessidade de comer o doce.

Divida os estímulos de treinamento entre exercícios aeróbios e de força
Se você treina uma hora por dia, utilize 50% desse tempo para treinar força e 50% para o treino aeróbio. Se você achar que metade do tempo é pouco para o aeróbio, aumente a intensidade do treino. Dessa forma, faça meia hora de treinamento intenso de musculação e meia hora de treinamento intenso de aerobio. Você pode usar várias estratégias de treinamento: contínuo, fartlek, Hiit, intervalado extensivo, entre outros. Para os treinos de força, trabalhe a variabilidade para quebrar mais a rotina de treinamemtno. Faça o mesmo número de repetições por no máximo 30 dias.

Quebre a rotina de treinamento
Não tenha um treino para as segundas, outro para as terças e assim sucessivamente ao longo da semana. Mude alguma coisa no treino a cada dia, independentemente do dia da semana. Essa mudança pode ser na ordem dos exercícios, na carga, no número de repetições ou na intensidade. A quebra da homeostase mexe com o seu organismo, faz com que ele se rearranje. Esse processo utiliza a gordura como substrato energético para repor a energia.

Por último, um conselho: consuma menos sal e tome mais água, dois litros para quem faz exercícios de baixa intensidade e de 2,5 a 3 litros para quem faz exercícios diarios de alta intensidade.

Moral da história: treine com intensidade que até a sua cintura ficará cansada e menor.

24/06   ATIVIDADE FÍSICA MELHORA RETENÇÃO DE APRENDIZADO

O Blog da Trainer vai dar mais do que uma dica de atividade física nesta sexta-feira, mas também uma dica de estudo. Isso mesmo! Se você está estudando para um concurso ou para o vestibular, ou mesmo se você simplesmente gosta de estudar, anote aí: fazer exercícios físicos ajuda a reter o conteúdo aprendido.

Pesquisadores da Universidade Radboud, na Holanda, e da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, aplicaram um teste de memorizaçao em 72 voluntários, que tinham de memorizar 90 associações entre imagens e lugares durante 40 minutos.

Os voluntários foram divididos em três grupos: o primeiro fez exercício logo após a sessão de memorização, o segundo fez exercícios quatro horas depois e o terceiro não fez nenhuma atividade física.

Dois dias depois, os voluntários foram testados para verificar quanto lembravam do que memorizaram na primeira sessão. Os que fizeram exercícios quatro horas depois foram os que tiveram o melhor desempenho. O estudo foi publicado na revista Current Biology e pode ser acessado clicando aqui.

Os pesquisadores acreditam que o resultado do teste tem a ver com a produção de dopamina e noradrenalina durante a atividade física. Agora você já sabe: para aproveitar os benefícios da prática de exercícios para o seu aprendizado, basta programar seus estudos para quatro horas antes de ir para a Trainer, certo?

23/06   TRAINER FARÁ WORKSHOP DE STILETTO DANCE NO DIA 9 DE JULHO

Preparem o salto alto, pois no dia 9 de julho, às 15 horas, a Trainer vai realizar o Workshop de Stiletto Dance na Unidade Mogilar. O evento é voltado para todos que queiram aprender a técnica e os movimentos deste estilo de dança em cima do salto.

Post Workshop Stiletto Trainer-01 1

Além do salto, outra característica desta modalidade é o conjunto de movimentos sensuais e o trabalho de postura e equilíbrio. "O stiletto dance conta com variações técnicas do jazz dance e do street dance e mistura de ritmos, explorando a elegância, o charme e o equilíbrio nas movimentações dançantes", destaca a coreógrafa que dará o workshop, Veronika Koba, formada em ballet clássico com especialidade em jazz dance e suas variações.

Ela explica que o uso do salto não é obrigatório, mas é o que caracteriza a modalidade. "O tamanho do salto deve estar de acordo com cada pessoa, ser confortável e apto para executar a dança".

As inscrições para o workshop podem ser feitas na recepção das três unidades e custam R$ 25 para não alunos e R$ 15 para alunos da Trainer. Ao final do curso, os participantes receberão um certificado.

Mas corram para se inscrever, pois as vagas sao limitadas!

22/06   TRAINER TERÁ AULA ESPECIAL DE YOGA

A Trainer está preparando uma aula superespecial para quem quer dar uma desacelerada e relaxar. Na próxima terça-feira, dia 28, a Unidade Mogilar vai oferecer uma aula de Yoga às 9 horas. Na Unidade Alto do Ipiranga, a aula será na quarta, dia 29, também às 9 horas. Para participar, basta que o aluno deixe seu nome na recepção da academia.

Post Aula de Yoga Trainer-01

O yoga é uma prática indiana que surgiu há cerca de 5 mil anos. A atividade busca o equilíbrio entre corpo e mente, promovendo melhorias na qualidade de vida.

Dentre seus inúmeros benefícios, a yoga alivia o estresse e a ansiedade; melhora a qualidade do sono; desenvolve força, equilíbrio e alongamento; melhora o funcionamento dos órgãos internos; alivia doenças respiratórias; melhora a autoestima; e proporciona paz e contentamento interior.

Será uma aula muito bacana para desestressar e se sentir renovado, pronto para os próximos treinos. Participem!

21/06   PRÓXIMA REUNIÃO DO FPM SERÁ DIA 6 DE AGOSTO

A próxima turma do Forte Porém Mulher (FPM) terá início no dia 6 de agosto, com a reunião do programa na Unidade Mogilar, das 9 às 12 horas.

Para participar do programa exclusivo da Trainer, as alunas devem se inscrever aqui no blog, preenchendo o cadastro abaixo.

O FPM é um programa voltado para a mulher que quer conquistar o corpo dos sonhos, sem gordurinhas e com as curvas bem femininas. O primeiro passo é participar da reunião, na qual o professor Marcos Pupo passará as informações sobre as etapas do programa. Inscrevam-se!

20/06   O QUE FAZER COM SEU ÍNDICE DE MASSA CORPORAL

Nas últimas semanas, a coluna No Pain No Gain tem se dedicado a falar sobre as medidas do corpo que indicam os riscos para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Já mostramos aqui a importância de se calcular o Índice de Massa Corporal (IMC) para a sua saúde. Porém, é importante também saber o que fazer com este cálculo, principalmente se o seu IMC estiver acima ou abaixo do preconizado pelos órgãos de saúde.

Faça o cálcule corretamente
O IMC deve ser calculado dividindo o peso em quilos pela altura em metros ao quadrado. Se você fizer o cálculo em gramas ou em centímetros, o resultado dará errado e você não terá a referência correta para verificar se está com um bom IMC ou não.

Verifique as referências
O IMC ideal vai de 18,6 a 24,9. Quem tem de 25 a 29,9 é considerado acima do peso e deve prestar atenção em seus hábitos alimentares e referentes à atividade física. A partir do IMC 30, a pessoa já é considerada obesa e está sujeita a vários riscos a saúde. Verifique a tabela de referências do IMC clicando aqui.

Relacione o IMC com outras informações
O IMC é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde como a principal referência para classificação das diferentes faixas de peso. Ele é uma maneira confiável de saber se seu peso corporal está colocando sua saúde em risco, mas não deve ser o único parâmetro para definir os riscos relacionados à obesidade. Se você verificou que está se aproximando do IMC 30, é melhor começar a acompanhar sua taxa de colesterol, por exemplo. Também não deixe de medir a circunferência da sua cintura, uma medida de adiposidade central que ajuda a prever o risco cardiovascular e diabetes.

Meça seu percentual de gordura
Uma vez que o IMC não mostra a diferença entre gordura e músculos, ele nem sempre é acurado ao predizer quando o peso pode resultar em problemas de saúde. Quem tem o hábito de treinar e tem muitos músculos pode ter um IMC na faixa não-sadio, mas mesmo assim ser saudável e ter pouco risco de desenvolver problemas cardíacos. Nestes casos, também é bacana verificar não só a circunferência da sua cintura (como mostramos aqui), mas também seu percentual de gordura, para saber exatamente quanto do que você pesa é gordura e o quanto é massa magra.

O IMC também pode não ser preciso ao verificar a obesidade em indivíduos que são muito baixos (menos de 1,50 metros) e em pessoas mais velhas, com tendência a perder massa muscular com a idade. Mas, para a maioria das pessoas, o IMC é um método confiável para dizer se o seu peso está colocando sua saúde sob risco.

Moral da história: tire a bunda do sofá, meça seu IMC e venha treinar!

17/06   TRAINER TROCA SISTEMA DE AQUECIMENTO DO VESTIÁRIO DOS BEBÊS

A Trainer realizou uma mudança muito bacana na infraestrutura dos vestiários dos bebês da natação, na unidade do Mogilar. Afinal, nossos pequenos nadadores merecem todo conforto na hora do banho, após as aulas, certo?

Vestiário dos bebês na Trainer 1   Vestiário dos bebês na Trainer 3

O sistema de aquecimento das duchas, que antes era elétrico, foi alterado para o sistema a gás. Esta mudança aumentou significativamente a temperatura da água para o banho dos bebês. Isso com certeza fará toda a diferença não só para o conforto da criançada, mas também para a saúde dos pequenos, já que a temperatura caiu bastante nos últimos dias e logo mais estaremos no inverno.

Agradecemos aos pais e alunos a confiança e a paciência para a troca do sistema. Dessa forma, vamos garantir banhos quentinhos, mais eficiência no atendimento e, consequentemente, muito mais resultados para todos!

16/06   TRAINER MOGILAR TERÁ PILATES DAY NO DIA 25 DE JUNHO

Se você sempre teve vontade de treinar Pilates Studio, mas nunca teve a oportunidade de conhecer esta modalidade de exercícios, anote na agenda: dia 25 de junho a Trainer promove na unidade Mogilar o Pilates Day.

Post Pilates Day Trainer-01

Neste dia, a academia vai oferecer uma aula experimental de pilates em estúdio – praticado nos aparelhos – tanto para alunos quanto para quem ainda não é aluno da Trainer.

Será uma oportunidade bacana para tirar suas dúvidas sobre a modalidade, conhecer seus benefícios e também nossas condições especiais nos planos de Studio Pilates.

Para participar, é necessário agendar um horário na recepção do Mogilar ou nos telefones 4791-3592 ou 4791-3359. Venha “pilatear” na Trainer!

15/06   TRAINER VAI PARTICIPAR DA MAIOR AULA DE NATAÇÃO DO MUNDO

A Trainer vai participar da Maior Aula de Natação do Mundo! O evento será no dia 24 de junho, às 18h30, na unidade do Mogilar.

Post Aula Natacao Trainer-01 1

Com o tema “Aulas de natação salvam vidas”, o evento acontecerá em piscinas de 22 países com o objetivo de conscientizar crianças e adultos sobre a importância do aprendizado da natação para prevenir afogamentos.

“Será a primeira vez que a Trainer participa da Maior Aula de Natação do Mundo, evento que se alinha com a preocupação da academia de garantir mais segurança na piscina e o autosalvamento”, destacou o coordenador da Natação, professor Marcelo Cursino. Neste ano, a Trainer já realizou uma ação muito bacana com os alunos da natação infantil com o mesmo foco: a Semana de Segurança Aquática.

Agora, a ideia é reunir bebês, crianças e adultos em uma aula de 30 minutos para chamar atenção sobre a importância do aprendizado da natação. Além da Trainer, única academia da região a participar do evento, mais 30 academias do Brasil farão parte da ação. O evento de 2015 foi o maior de todos, com 38.170 participantes recebidos por 481 locais em 22 países.

Para participar, é preciso fazer sua inscrição ao custo de R$ 10 na recepção da unidade Mogilar, pois as vagas são limitadas. “Nossa expectativa é que, nos próximos anos, mais alunos possam participar”, informou Cursino. No dia, os alunos devem chegar com meia hora de antecedência. Esperamos vocêsl

14/06   ALUNAS DA TRAINER CONQUISTAM PÓDIO NA MARATONA AQUÁTICA

Neste domingo (12/6) duas alunas da Trainer particiaram da 6ª etapa da travessia Maratona Aquática, em São Sebastião, e conquistaram ótimos resultados!

Juliana Tango Onishi   Jussara

Juliana Tango Onishi ficou com em 1°lugar em sua categoria (master C) nos 3.5km, fazendo um tempo de 1:03:18.03. Já Jussara Abe Saito ficou em 3° lugar em sua categoria (master B), nos 1.700 km, completando a prova em 00:44:30.88. Parabéns às nossas atletas!

A próxima etapa da Maratona Aquática, o Desafio Canal da Mancha, serpa em São Bernardo do Campo, no dia 24 de julho.

13/06   A RELAÇÃO DO IMC COM A SUA SAÚDE

Além da circunferência da cintura, o Índice de Massa Corporal (IMC) também é um importante indicador de saúde. Ele é um padrão internacional para medir o grau de obesidade, adotado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e outras entidades, como a Sociedade Brasileira de Endocrinologia.

O sobrepeso e a obesidade indicados pelo IMC são fatores de risco para doenças como hipertensão arterial, doença arterial coronariana e diabetes, entre outras patologias consideradas de alto risco para a saúde.

O IMC, diferentemente do que vimos na semana passada com a circunferência da cintura, também considera a estatura, além do peso. O cálculo do IMC é feito pela divisão do peso (em kg) pela altura ao quadrado (em metros). Ao se calcular o IMC, é preciso analisar outros fatores que fazem parte da rotina da pessoa. Isso porque um homem que pratica atividades físicas, e costuma ter mais massa magra, pode ter o mesmo IMC que um homem sedentário, e quem tem mais gordura no corpo, ou que tem uma estatura diferente.

Impacto do IMC

Para quem pratica exercícios regularmente, a melhor forma de medir se está acima do peso é por meio do percentual de gordura corporal. Porém, quem faz parte dos 84% da população que é sedentária, o IMC é um bom indicador para determinar riscos cardiovasculares. Se ao fazer o cálculo, seu IMC for maior que 29.0 e você ainda tiver com uma medida abdominal acima do indicado, é importante rever alguns hábitos. A prática de exercícios vai ajudá-lo a ter uma alimentação menos restritiva, já que você passará a ter um custo energético maior. 

Também devemos ter cuidado ao medir o IMC de crianças que estão entrando na puberdade. Nosso corpo é inteligente e, nesta fase, acumula mais energia para auxiliar no crescimento. É por isso que antes do estirão, meninas entre 9 e 11 anos e meninos entre 10 e 15 anos costumam engordar. Este acúmulo de gordura é normal para o desenvolvimento das crianças.

Moral da história: Quer comer mais? Tira a bunda do sofá e vem treinar.

10/06   AULAS ESPECIAIS NESTE SÁBADO

Este fim de semana é muito especial, principalmente para os casais apaixonados. Neste sábado (11/6), véspera do Dia dos Namorados, a Trainer Mogilar terá duas aulas seguidas para serem feita em dupla. Às 10h30, os casais poderão curtir uma aula de Hiit, seguida de uma aula rápida de alongamento (20 minutos).

Ainda no Mogilar, teremos Sh’Bam, às 11h30, não só para os casais, mas para todos os alunos. Na unidade do Alto do Ipiranga, as aulas deste sábado serão de abdome + alongamento, às 10h15, e de Hiit, às 11 horas.

Na Trainer for Woman, a aula é para quem está em busca de um amor. É que teremos uma aula de Jump, às 9 horas, com “pulinhos de Santo Antônio”. Vai ser uma aula super animada e muito divertida!

09/06   APROVEITE O MELHOR DAS COMIDAS TÍPICAS DA FESTA JUNINA

É quase impossível não provar as comidas e quitutes gostosos servidos nas festas juninas, certo? Os alimentos típicos dessa época costumam ser mais calóricos, o que pode deixar muita gente preocupada com o peso e a saúde.

Mas calma que dá para curtir as comidas típicas sem enfiar o pé na jaca. Além disso, você pode usar alguns alimentos das festas juninas como aliados, ou seja, como fonte de energia para os seus treinos. Vamos ver?

Milho: além de delicioso, o milho é rico em fibras e vitaminas e uma boa fonte de carboidratos, o que vai dar mais energia para o seu corpo treinar. Porém, ao comer o milho cozido, não exagere no sal e nem na manteiga.

Pinhão: alimento rico em diversos nutrientes importantes para a saúde, como proteínas, cálcio, ferro, fósforo e vitaminas A, B1 e C. Porém, como também possui muitas calorias, deve ser consumido moderadamente, ok?

Batata doce: alimento que já faz parte da dieta de muita gente que gosta de treinar, a batata doce tem baixo índice glicêmico, gera uma saciedade prolongada e tem beta caroteno.

Tapioca: mais um alimento que a galera que treina gosta, a massa da tapioca tem muitas fibras e poucas calorias, porém fique de olho no recheio deste prato, o que pode fazer sua tapioca ficar calórica.

Cuscuz: feito de milho, o cuscuz é uma delícia e rico em vitaminas do complexo B. Se vier com ovo, raspa de coco e leite, fica rico em proteína e melhora a velocidade com que a glicose entra no corpo.

A Trainer promove sua tradicional festa junina nesta sexta-feira (10/6), na unidade Mogilar, às 19 horas, com direito não só a comidas típicas, mas também a fogueira, quadrilha, danças e muita diversão. Para participar, basta levar um quilo de alimento não perecível, que será doado para a Igreja São José Operário. Vem!

08/06   4 DICAS PARA VOCÊ DAR UM GÁS NAS AULAS DE SPINNING

Além de ser um potente exterminador de calorias, o spinning é uma modalidade divertida e, digamos, prática de fazer. Basta sentar na bicicleta e pedalar, seguindo a simulação dos percursos, como subida em morros, uma simples reta ou a descida de uma montanha.

As aulas da Trainer são bem empolgantes e exigem bastante gás, mas você pode tomar algumas medidas para turbinar ainda mais o seu desempenho. Vamos ver?

1. Use o cronograma de aulas a seu favor
Os professores montam um cronograma de aulas não só para deixá-las mais interessantes, mas também para melhorar o desempenho e a eficiência da prática dos alunos. Há sessões de subidas, para trabalhar bem as pernas; os endurances, voltados para a perda de calorias; e os treinos intervalados. Tudo tem uma lógica, por isso, o interessante é seguir esse cronograma para obter bons resultados e conquistar seus objetivos com o treino.

2. Hidrate-se
Por ser uma aula muitas vezes intensa, o ideal é garantir a hidratação para a prática do spinning. Tomar água antes do exercício é fundamental, mas você também pode beber um isotônico, que além de hidratar vai repor sais minerais que costumam ser eliminados no suor. Na dúvida, consulte o professor para saber quando tomar o isotônico, certo?

3. Use uma roupa adequada
É possível que, após um tempinho pedalando, você comece a sentir um desconforto nos glúteos. Para que isso não atrapalhe seu rendimento durante a aula, utilize uma bermuda acolchoada. Essa proteção extra vai proporcionar conforto e garantir que você complete a aula.

4. Leve uma toalha
Parece frescura, mas não é. Você vai transpirar bastante durante a aula e a toalha pode ser utilizada para secar suas mãos. Assim, elas não vão escorregar do guidão e você terá mais eficiência.

Agora que você já conhece essas dicas, fique de olho nos horários das aulas e bom treino!

07/06   VEJA PROGRAMAÇÃO DA FESTA JUNINA DA TRAINER

Sexta-feira (10/6) é dia de Festa Junina na Trainer! Nosso arraiá começará às 19 horas na unidade Mogilar.

Além das barracas de brincadeiras e comidas típicas, a festa também terá desfile infantil de caipirinhas, quadrilha e aprensentação de dança. Fique de olho na programação:

Post Programacao Festa Junina Trainer-01

Para particiar do arraiá da Trainer, solicitamos como entrada um quilo de alimento não perecível, em prol da Paróquia São José Operário. Convidem seus amigos para participar também!

06/06   5 DICAS PARA CONTROLAR A MEDIDA DA SUA CINTURA

As pessoas têm várias metas de vida: comprar uma casa, ser promovido no trabalho, formar uma família, entre outras. Porém, uma das metas mais importantes e que poucas pessoas têm é a medida da cintura. Como vimos na semana passada aqui na coluna No Pain No Gain, a circunferência abdominal é um indicador fundamental de saúde, pois o tamanho da nossa cintura pode apontar riscos de doenças relacionadas ao coração.

Essa medida é um valor de referência de saúde muito importante, principalmente para mulheres acima dos 50 anos. Isso porque as mulheres têm duas proteções para o acúmulo de gordura no abdome: a progesterona e o estrógeno, hormônios femininos que deixam de ser produzidos com a chegada da menopausa. 

Mas de fato, diminuir a gordura visceral, que se acumula em órgãos vitais e que podem levar a doenças como diabetes, deve ser uma busca de todos. Veja aqui cinco dicas para você controlar a medida da sua cintura e evitar a Síndrome Metabólica.

1. Meça sua cintura
Já sabemos que para as mulheres a circunferência ideal da cintura é de 80 centímetros e, para os homens, 94 centímetros. Para saber se você está dentro desse parâmetro - preconizado por vários órgãos de saúde, inclusive pela Sociedade Brasileira de Cardiologia - passe uma fita métrica em torno do abdome, mantendo a barriga relaxada, na altura do umbigo. Certifique-se de que toda a fita esteja na mesma altura e que não esteja enrolada em alguma parte. O ideal é fazer esta medição com o seu médico ou mesmo na academia, com seu professor, porém, fazer esse acompanhamento em casa semanalmente é uma ótima forma de identificar se você precisa adequar algum hábito para reduzir esta medida.

2. Verifique se você tem algum fator de risco
Quem tem a medida da cintura aumentada somada a fatores de risco cardiovascular, como obesidade, hipertensão, dislipidemia e diabetes, desenvolve o que chamamos de Síndrome Metabólica. Esses fatores somados aumentam em 25% a 35% os riscos de problemas no coração. Por isso, mesmo que você esteja dentro da medida de corte da circunferência abdominal, mas possui histórico familiar de hipertensão, diabetes ou outra doença cardiovascular, já deve começar a fazer um controle mais sistemático, aferindo glicemia e pressão arterial regularmente, além de prestar atenção na sua cintura. 

3. Fique de olho na alimentação
A medida da cintura também é um indicador da qualidade da sua alimentação. Se você está acima da medida de corte, é porque está ingerindo mais gordura do que deveria. E se não faz exercícios, aí deve controlar ainda mais a ingestão de gordura e açúcar. Lembre-se que ganhar dois quilos pode significar de três a quatro centímetros a mais na região abdominal.

4. Faça exercícios físicos
Quem faz exercícios regularmente tem um gasto calórico maior, logo pode comer um pouco mais. A prática de exercícios vai ajudá-lo a manter uma alimentação saudável, porém menos restritiva, além de diminuir outros fatores de risco à sua saúde, e não apenas as doenças cardiovasculares. Outro fator positivo é que você vai manter um shape bacana, pois nenhuma mulher com até 80 centímetros de cintura e um homem com até 94 centímetros é uma pessoa gorda.

5. Procure um médico
Se você identificou que está acima da medida de corte, além de controlar a alimentação e praticar exercícios, procure um médico, pois ele vai ajudá-lo a controlar todos os fatores de risco.

Moral da história: Felicidade não tem medida, cintura tem.

03/06   DIA DA CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE MÓRBIDA INFANTIL

Vocês sabiam que 3 de junho é Dia da Conscientização contra a Obesidade Mórbida Infantil? A Organização Mundial da Saúde (OMS) define o combate à obesidade mórbida de crianças e jovens como um dos principais desafios para o século 21. No Brasil, o cenário é preocupante.

Dados do governo federal apontam que o percentual de crianças entre 5 e 9 anos com excesso de peso chega a 33,5% no país. Já na adolescência, o quantitativo é de 20,5%. A obesidade mórbida pode ser provocada por diversos fatores, desde uma alimentação rica em açúcares e gorduras, sedentarismo e aspectos genéticos.

De fato, se antes acreditava-se que uma criança gordinha era sinônimo de saúde, hoje já sabemos que as crianças com excesso de peso e taxas de colesterol elevadas têm mais chances de se tornarem adultos obesos e desenvolverem doenças como pressão alta e diabetes.

Para combater a obesidade infantil, é preciso incentivar mudanças de hábitos alimentares nas crianças. O Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde, pode tirar uma série de dúvidas e dar algumas dicas sobre como deve ser a alimentação da criançada.

Além da alimentação, a prática de exercícios também é muito importante para o combate da obesidade infantil. Mas aqui é preciso tomar alguns cuidados. Para os pequenos que não treinam para ser atletas, o mais indicado é a prática de atividades como basquete, vôlei, futebol, natação, entre outras modalidades, mas sem fins competitivos.

Para se determinar o momento ideal de iniciar exercícios tradicionais dentro de academias, principalmente a musculação, é preciso analisar aspectos como desenvolvimento estatural e desenvolvimento ósseo para se prescrever um programa de treinamento. Na dúvida, consulte o médico da criança e converse com o instrutor da academia. Mas não deixe de incentivar a criançada a praticar uma atividade física.

02/06   PESQUISA DO COMITÊ OLÍMPICO INTERNACIONAL APONTA QUE GESTANTES PODEM CONTINUAR A PRÁTICA DE EXERCÍCIOS FÍSICOS

Um estudo recente encomendado pelo Comitê Olímpico Internacional apontou que há menos riscos do que se pensava para as atletas que competem grávidas.

Isso quer dizer que uma rotina intensa de exercícios não irá, necessariamente, provocar algum impacto negativo para a grávida ou o bebê durante a gestação. Porém, vale ressaltar que, se você estiver grávida, somente o seu médico poderá indicar se você deve ou não continuar sua rotina de atividades físicas normalmente, certo?

De fato, o relatório desmistifica algumas questões relacionadas à gravidez e a prática de exercícios. Isso porque, apesar das atletas não terem um risco maior de problemas na gestação ou com os bebês, quando algum problema gestacional ocorre, é comum as pessoas relacioná-los imediatamente à atividade física, o que nem sempre é o certo.

Apesar de ter como foco atletas de elite, a pesquisa se encaixa nas recomendações dadas ao público em geral. O Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas recomenda que as mulheres grávidas façam exercícios aeróbios e de resistência que podem reduzir o risco de diabetes e melhorar o bem-estar mental.

Já o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido recomenda que grávidas continuem a se exercitar, mas evitem exercícios extenuantes, o que depende de o quão em forma está a mulher e quanto esporte ela já pratica.

As atividades físicas são importantes durante a gravidez porque oferecem benefícios à saúde da gestante e do bebê. Com a prática de exercícios, a placenta costuma receber uma nutrição melhor, o que é muito bom para o feto. Mas aqui vale ressaltar novamente: gestantes devem sempre procurar aconselhamento médico antes de começar (ou continuar) um programa de exercícios.

Para saber mais detalhes sobre o estudo, conhecer exemplos de atletas que continuaram a treinar - e competir - durante a gravidez e ver outras dicas e recomendações para gestantes, é só clicar aqui.