Jiu-jítsu também é na Trainer
13/10

RSB_HOME

alt

Quantas academias podem dizer que o professor tem mais de 23 anos de experiência na área e faz parte da equipe que é referência na modalidade que ele ensina? Pois na Trainer, nós podemos!

A modalidade em questão é o jiu-jítsu e o professor é o Rafael Coelho, faixa preta 4º grau e integrante da equipe Ryan Gracie, a mais respeitada e tradicional do Brasil.

Batemos um papo com o mestre sobre a carreira e as aulas de jiu-jítsu aqui na Trainer.

Blog da Trainer: Quando e como você começou a lutar?
Rafael Coelho: Comecei cedo e por influência do meu pai, que foi lutador de judô. Ele sempre me colocou em academias de lutas, como caratê, judô, capoeira . . . Com 17 anos descobri o jiu-jítsu, aí não parei mais. Conheci por meio de uns amigos do Rio de Janeiro, mas na época não haviam academias aqui na região.

Blog da Trainer: E qual foi a alternativa para começar a treinar?
Rafael: Quando conheci uma galera da Ryan Gracie Team, antiga Gracie SP, comecei a treinar com eles. Ia sempre para São Paulo, mas era bem complicado, porque tinha de trabalhar e começou a ficar impossível conciliar tudo. Acabei sendo obrigado a sair da equipe e passei a treinar com o mestre de La Riva, que tinha uma filial em Mogi, onde através do mestre Matsumoto recebi minha faixa preta. Esta equipe acabou se desfazendo e voltei a treinar com os Gracie, onde estou até hoje.

Blog da Trainer: Como começou a dar aula?
Rafael: Comecei para cobrir um professor que abandonou os treinos na academia de Taekwondo do mestre Maninho. A ideia era dar as aulas até chegar um novo mestre, mas os alunos gostaram e pediram para eu ficar. Daí em diante não parei mais.

Blog da Trainer: Quais são os benefícios do jiu-jítsu?
Rafael: Como toda arte marcial, o jiu-jítsu aumenta muito a autoconfiança, mas também acalma quem pratica. Ele faz com que você queira se superar a cada dia, sempre buscando a evolução.

Blog da Trainer: O que podemos dizer para quem nunca treinou e quer começar?
Rafael: Dedicação é a palavra-chave, principalmente porque você nunca vai saber tudo, bem mesmo quem é faixa preta. Sempre temos de estar prontos para aprender coisas novas. Para quem pretende começar, precisa saber que o jiu-jítsu é um estilo de vida. É necessário vivenciá-lo para entender e conseguir evoluir. Não é fácil para ninguém, mas com muita paciência e dedicação com certeza qualquer pessoa chega à faixa preta.


Deixe seu comentário

1000 RSC_CHARS_LEFT

Antispam RSC_REFRESH_CAPTCHA RSC_CAPTCHA_CASE_INSENSITIVE

Facebook
Instagram